Atlético supera Internacional no Beira-Rio e afasta sonho colorado

Postado em 21/11/2018 20:06

Na abertura da 36ª rodada do Brasileirão, o Atlético surpreendeu o Internacional e venceu por 2 a 1. O resultado deixou o Galo na sexta colocação, com 55 pontos. Enquanto isso, o Colorado permanece na terceira posição, com 65 pontos e dá adeus a chance do título.

Na próxima rodada, o Internacional encara o Fluminense, no Beira-Rio. Já o Atlético-MG mede forças com o Santos, na Vila Belmiro.

O duelo

O primeiro tempo foi marcado pelo baixo nível técnico. Com a necessidade de vencer para continuar vivo na luta pelo título, o Internacional pressionava, mas errava muito no último passe, o que tirava o torcedor do sério.

Já o Atlético-MG estava armado para o contra-ataque. O time de Levir Culpi apertava a marcação no meio-campo, porém, assim como o rival, falhava no momento crucial de definir a jogada.

Diante de inúmeros erros, poucos lances eram criados. Na única chance clara do Galo, o time mineiro abriu o placar. Cazares avançou, invadiu a grande área e bateu no ângulo. Marcelo Lomba se esticou e viu a bola entrar no fundo da rede.

No segundo tempo a história foi diferente. Odair Hellmann avançou o Colorado dentro de campo, que passou a sufocar o Atlético-MG. De tanto rondar a grande área, o Inter quase empatou no escanteio. Fabiano cabeceou, Patric se enrolou na hora de afastar e Damião, na pequena área, mandou por cima do gol.

Com dificuldade de furar a retranca mineira, o Internacional apostava na bola aérea. O problema é que a bola chegava de qualquer jeito e Leandro Damião não conseguia levar perigo.

Após segurar a pressão, o Atlético-MG teve a principal chance para matar o jogo. Cazares saiu na cara de Marcelo Lomba, mas chutou para fora.

Quando parecia que o jogo terminaria com vitória do Atlético, Rossi fez jogada individual, cruzou para Leandro Damião, que foi empurrado por Maidana e o árbitro deu o pênalti. Na cobrança, D’Alessandro bateu no canto direito e deixou tudo igual.

Na pressão final, D’Alessandro cruzou, Leonardo Silva errou a cabeçada e a bola ficou limpa para Leandro Damião. O camisa 9, sozinho na pequena área, mandou para fora.

Nos acréscimos, o Atlético-MG se aproveitou da bobeira na zaga Colorada e Cazares cruzou para Terans, que se antecipou a marcação e definiu a vitória mineira.

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com