Publicidade

Hulk mostra sua força e é decisivo na vitória do Atlético pela Libertadores.

Postado em 28/04/2021 12:01

A polêmica criada por Hulk no último fim de semana gerou um clima ruim no Atlético. O atacante pediu mais minutos em campo publicamente, citou o técnico Cuca. No jogo seguinte, o cenário ideal para esquecer a rusga foi criado. O jogador entrou e foi o destaque do Galona vitória pela Libertadores, diante do América de Cali, por 2 a 1. Após o duelo, Hulk falou sobre se sentir mais leve após dias tensos. Agora, mira só ajudar o time em campo.

Hulk foi reserva na partida da segunda rodada do grupo H. Entrou no intervalo, no lugar de Eduardo Vargas. Pouco tempo em campo e anotou duas vezes. Primeiro de pênalti, depois concluindo jogada coletiva com passe de calcanhar de Savarino. O jogador citou “dias produtivos” após a declaração polêmica de sábado, além de “conversas boas” até culminar na noite iluminada de terça-feira.

Advertisement

– Perguntas são sempre viradas para o último fim de semana, como se quisessem dizer que temos um grupo rachado. Mas, pelo contrário, como falei, frisei, todo o grupo se respeita. Eu falei para me cobrar, me cobro a cada dia, cada treino. Semana produtiva, conversas boas, e me senti mais leve, pude ajudar os companheiros, o meu time, que é o mais importante. Espero continuar assim a cada jogo.

“Futebol é isso. Cada dia é uma nova história. Logo após minha entrevista, voltei a falar que não foi nada para o professor Cuca, que, como já falei, respeito demais. Era vontade de me cobrar, me cobro demais”.

Hulk já havia entrado no duelo com o Athletic na função de centroavante. Fica a expectativa de ele garimpar a titularidade nesta nova função, já que Eduardo Vargas, que deixou o jogo para a entrada do camisa 7, não vem rendendo. Sobre isso, Hulk deixa a opção para Cuca. Mas ele já indiciou, no dia a dia, que prefere mesmo atuar mais perto do gol.

“Essa semana foi importante para mim, tive conversas produtivas de poder desfrutar a cada jogo, treino. Graças a Deus aconteceu logo em jogo importante”.

“Eu acho que eu consegui fazer o que o professor Cuquinha pediu, junto com o Cuca. Ajudei os companheiros. Quem vai decidir onde irei jogar é o professor. Vou trabalhar a cada dia, treino e jogo para atingir meu melhor nível e poder ajudar o time do Atlético”.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!