Globo quer reduzir valor das cotas de TV do Brasileirão 2020

Postado em 27/04/2020 10:56

A Globo, por meio de carta, avisou aos clubes que pretende diminuir muito a cota de TV este ano. Uma reunião nesta segunda, 27, com os representantes dos clubes discutirá esse assunto e outros, mas a proposta da Globo não agrada e assustou os dirigentes.

Para TV aberta e fechada, a Globo paga anualmente cerca de R$ 1,1 bilhão aos 20 clubes da Série A, dividido da seguinte maneira: 40% fixo, em cotas mensais (o valor que está diminuindo agora), 30% por número de jogos transmitidos e 30% por colocação final do campeonato. Estas duas últimas, portanto, dependem da realização da competição para serem pagas.

Os valores que serão pagos de abril a dezembro para TV aberta, segundo documento enviado pela emissora, com diminuição substancial nos meses de abril, maio e junho. A proposta é que entre abril e junho os clubes recebam mensalmente R$ 396.768,75. A partir de julho, o valor sobe para R$ 1.124.178,13, o que totalizará ao final desses nove meses R$ 7.935.375,00. O pagamento é programado a ser feito no último dia do mês. A Globo deu prazo até 28 de abril, esta terça, para que os clubes respondam.

Em meio a pandemia do novo coronavírus, os clubes precisam se unir, ou o futebol por aqui ficará ainda mais deficitário. A união faz a força deveria ser pauta imediata de todas as reuniões daqui em diante. 

 

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
error: Este conteúdo é protegido!