Publicidade

Felipe Conceição terá jogo decisivo diante do Juazeirense.

Postado em 08/06/2021 12:25

Felipe Conceição ainda não chegou sequer ao 20º jogo no comando do Cruzeiro, mas o momento já é considerado decisivo para o seu andamento no clube. Os resultados ruins recentes – perdeu quatro dos últimos cinco jogos – e algumas insatisfações públicas de jogadores contra o treinador fazem com que o duelo desta quarta-feira, às 19h00, com a Juazeirense, pela Copa do Brasil, tenha contornos ainda mais decisivos.

Classificar-se no estádio Adauto Moraes representa uma resposta de Felipe Conceição para mostrar que seu trabalho está no caminho, apesar das adversidades.

Advertisement

O Cruzeiro enfrentou instabilidade nos primeiros jogos com o treinador. Teve sequência instável no início do Campeonato Mineiro, figurou fora do G-4 estadual e passou aperto para eliminar o São Raimundo-RR, na primeira fase da Copa do Brasil.

Depois, engrenou. As competições ficaram paralisadas por 10 dias, no final de março, e o Cruzeiro voltou apresentando evolução. Empilhou vitórias – uma sobre o Atlético-MG – com boas atuações, defesa segura e repertório para incomodar retrancas. Durou até o primeiro jogo da semifinal contra o América, perdido mais em função de erros individuais do que de atuação ruim.

A partir do segundo jogo da semifinal do Mineiro, a instabilidade voltou aos jogos da equipe. Tropeços contra América, Confiança e CRB. Vitória por 1 a 0 sobre a Juazeirense, mas deixando o duelo aberto. É bem verdade que erros da arbitragem atrapalharam o andamento das partidas contra Confiança e CRB, mas não foram eles os únicos responsáveis pelos revezes nas jogadas iniciais da Série B.

E os incômodos em relação a Felipe Conceição não só relacionados ao campo e jogo. Alguns atletas já demonstraram insatisfação pública com o treinador, sempre em função de escalação e substituições. Além das insatisfações públicas, houve também questionamentos internos sobre a condução do trabalho e algumas escolhas nas escalações.

O último caso público foi com Rafael Sobis, que reclamou ao sair de campo aos 11 minutos do segundo tempo contra o CRB. O treinador prometeu tomar medidas internas. O atacante está entre os relacionados para o duelo com a Juazeirense.

Outros dois atacantes também não estiveram satisfeitos com o técnico ao longo deste início de temporada: William Pottker e Marcelo Moreno. Pottker, que está sendo emprestado ao Al Wasl, fez um gol contra o Coimbra, na 8ª rodada do Mineiro, e chegou a comemorar com a mão na orelha, olhando para o banco de reservas. depois marcous duas vezes e desabafou sobre poucos minutos que vinha tendo.

Marcelo Moreno, que não vinha sendo aproveitado antes de servir a seleção boliviana, garantiu estar vivendo seu melhor momento físico e disse que a diferença em relação às atuações que têm vestindo a camisa da Bolívia está no modelo de jogo adotado por Felipe Conceição.

Apesar dessas situações, Felipe Conceição conta com apoio ainda da diretoria, que considera que há um padrão de jogo no time, mesmo com as dificuldades encontradas. Entretanto, o técnico sabe que precisa de um bom resultado na quarta para reequilibrar o ambiente e chegar com moral para o jogo de sábado, contra o Goiás, pela Série B do Brasileiro. Não passar da Juazeirense seria um revés de forte impacto para a retomada de um trabalho tranquilo.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!