Publicidade

Em premiações até agora na Libertadores, Atlético está perto dos R$ 30 milhões.

Postado em 22/07/2021 13:51

Eliminar o Boca Juniors nas oitavas de final é um feito histórico para o Atlético. Não só por ter sido o primeiro brasileiro a vencer o time argentino, em disputa de pênaltis, no torneio. Mas por garantir presença nas quartas de final e ficar mais rico. A Conmebol paga US$ 1,5 milhão aos oito melhores times da competição. O Galo é um deles, e tem US$ 5,5 milhões acumulados. Na cotação atual, representa R$ 28,9 milhões.

Nesta quarta-feira, o Atlético irá conhecer seu próximo adversário. Certamente, será um argentino e o primeiro jogo, outra vez, no país vizinho. River Plate e Argentinos Juniors jogam, na casa do clube que revelou Maradona, após 1 a 1 no jogo de ida. Uma presença na semifinal valerá mais R$ 10,4 milhões.

Advertisement

O Atlético empatou com o Boca por 0 a 0 nos dois jogos. Vaga decidida nos pênaltis, com o goleiro Everson – que havia sido vilão no gol anulado dos argentinos via VAR – se tornando o personagem da classificação. As quartas de final serão jogadas em 11 e 18 de agosto.

Antes disso, o clube mineiro terá o Bahia nas oitavas de final da Copa do Brasil. O torneio também faz de seu vencedor um time milionário. Até o momento, o Galo acumula R$ 4,4 milhões da competição nacional e, se passar pelo Bahia, colocará mais R$ 3,45 milhões nos cofres.

Um título da Copa Libertadores dará ao Atlético um total de R$ 117 milhões na cotação atual. Já a Copa do Brasil rende R$ 71 milhões ao campeão que veio da terceira fase, como é o caso do Galo.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!