Publicidade

Daniel Guedes é apresentado no Cruzeiro.

Postado em 22/08/2020 12:15

BANNER FUTEBOL AGOSTO 2020

Daniel Guedes falou pela primeira vez na sala de imprensa da Toca da Raposa. O novo lateral direito do Cruzeiro foi anunciado na última quarta-feira, está regularizado, mas ainda depende da condição física ideal para ficar à disposição, já que não atua desde setembro do ano passado, por conta de um exame positivo em testagem antidoping.

Questionado sobre quanto tempo levará para ter condições de jogo, Daniel foi cauteloso, já que está há quase um ano sem entrar em campo. Não quis dar um prazo certo, mas garantiu que não vai demorar, apesar de reconhecer que precisa ainda de uma preparação grande.

“Isso não vai depender de mim. Depende da comissão técnica, da preparação física. É óbvio que 11 meses sem atuar não são uma semana, um mês, um mês e meio… é quase um ano sem poder voltar aos gramados. Então, preciso, sim, de um tempo e uma preparação bem rígida, bem completa, para não sentir tanto. Vai ser impossível não sentirmos primeiros jogos, mas eu acredito que em alguns poucos dias vou estar em forma física para pegar ritmo de jogo com o grupo”.

Daniel Guedes passou por um período complicado. Ele havia sido penalizado, em 16 de julho deste ano, com oito meses de suspensão de jogos pelo fato de seu exame ter flagrado presença da substância higenamina na derrota do Goiás por 1 a 0 para o CSA, no dia 27 de maio do ano passado, pelo Brasileiro. A ingestão de um suco de graviola teria causado a doping. Entretanto, a defesa do jogador recorreu da decisão e obteve vitória no Pleno do Tribunal de Justiça Desportiva Antidopagem.

Na apresentação com a camisa do Cruzeiro, Daniel relatou a dificuldade – principalmente psicológica – que passou durante o período afastado dos gramados. O lado bom, se assim pode dizer, foi acompanhar o crescimento do seu filho.

“Não foi nada fácil passar por esse tempo muito difícil, de uma grande injustiça que aconteceu comigo, onde poucas pessoas souberam do acontecido. Eu tive que manter a cabeça sempre muito boa, com uma fé muito grande em Deus. Me apeguei muito à minha família, aproveitei esse tempo para curtir o crescimento do meu filho, todos os dias, todas as etapas, as primeiras palavras, tudo. Isso foi o que me motivou para poder continuar treinando”.

“Mesmo fora do clube, tendo que treinar sozinho, sabia que minha família estava do meu lado, que meus amigos acreditavam em mim, e que todos que me conheciam sabiam da minha inocência. Isso foi o que me motivou a continuar treinando”.

Daniel Guedes chega ao Cruzeiro para brigar por posição com Raúl Cáceres, paraguaio que chegou do Cerro Porteño e assumiu a condição de titular do time. Nos próximos dias, a Raposa também deve anunciar a contratação do garoto Rafael, que pertence ao Sport. Apesar de ter 18 anos, chegará para integrar o elenco profissional. O jogador também pode atuar como atacante de beirada.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!