Publicidade

Cruzeiro pode colar no “G4”.

Postado em 18/08/2020 11:53

O Cruzeiro começou a Série B pressionado, principalmente por ter seis pontos negativos na tabela. Era necessário vencer para diminuir o prejuízo o quanto antes. O que ocorreu. Os 100% de aproveitamento, somados aos diversos empates das outras equipes, fizeram o time “escalar” na classificação.

Os jogos da Série B são, tradicionalmente, marcados pelo equilíbrio e a disputa física. O Cruzeiro já sentiu isso na pele. Venceu seus três jogos pela diferença mínima, sendo que precisou mostrar poder de reação contra Botafogo-SP e Guarani.

Apesar das dificuldades, venceu os jogos. É o que importa. E o que algumas equipes não conseguiram fazer. No total, de 28 partidas disputados até aqui, 11 terminaram com igualdade no marcador, o que corresponde a 39% do total.

O último desses empates foi ontem(17/08), entre Juventude e América, no Alfredo Jaconi. O zero a zero levou o time gaúcho aos sete pontos e o mineiro aos cinco. Se o Cruzeiro superar a Chapecoense na quinta-feira, terminará a rodada pelo menos em 7º, já que ultrapassará os próprios catarinenses e o América.

Em função do início com pontuação negativa, Enderson Moreira chegou a estimar que o time fosse demorar em torno de dez rodadas para brigar pelo G-4. Uma vitória na quinta já tornará o grupo dos primeiros colocados uma realidade para o Cruzeiro.

Mas é importante lembrar que o CSA tem dois jogos a menos por conta de vários casos de Covid no elenco. Chapecoense e Cuiabá, que enfrentariam os alagoanos nas duas últimas rodadas, também foram impactados pelos adiamentos. A partida entre Confiança e Avaí também foi adiada, mas em função de os sergipanos disputarem a final do Estadual no último final de semana. Os jogos ainda não foram remarcados.

 

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!