Cruzeiro focado no clássico, mas pensando no Internacional na quarta

Postado em 04/08/2019 11:38

Escalar força máxima no clássico de domingo, pelo Campeonato Brasileiro, ou preservar os titulares para o duelo com o Internacional, pela Copa do Brasil? Esta é a pergunta que está no ar na Toca da Raposa. Após a eliminação do Cruzeiro na Libertadores para o River Plate-ARG, na terça-feira, o time cruzeirense, agora, foca na reação na competição de pontos corridos, em que está em situação delicada (ocupa a 16ª posição, com apenas 10 pontos), mas, três dias depois, terá o duelo de ida da semifinal da Copa do Brasil, no Mineirão.

Os jornalistas não puderam acompanhar os treinos de quinta-feira e nem de sábado, que foram completamente fechados. No de sexta, a imprensa foi liberada para acompanhar dez minutos do aquecimento. Assim, sem ter ideia do time que Mano Menezes está montando, a dúvida sobre o time que vai para o clássico, e se o treinador vai poupar jogadores ou usar força máxima, foi repassada ao goleiro Fábio.

“Bem difícil, né?! (risos) Temos um jogo importante na quarta-feira, então, é uma função e uma responsabilidade muito grande que nosso treinador tem, de ver quem está melhor. E o atleta também, passar isso para o treinador”

Ninguém melhor do que o atleta para passar para o treinador se tem condição de jogar o clássico. Um jogo difícil, fora de casa, que a gente precisa vencer, pela situação na competição. E logo na sequência um jogo decisivo, com o Internacional. Vamos jogar em casa, contra uma grande equipe, que vem crescendo e fazendo bons jogos.

Sobre o duelo com o Atlético-MG, mais um pelo Cruzeiro, Fábio cita as dificuldades de enfrentar o adversário no Independência, mas lembra que a Raposa recentemente tem feito bons clássicos atuando no Horto.

– No clássico, a gente já vivenciou vários momentos, é sempre um prazer poder disputá-lo. O torcedor gosta, move a cidade, a rivalidade sadia. Todo mundo quer ganhar, né? A gente sabe que no Independência o jogo se torna difícil, porque o Atlético-MG está mais acostumado a jogar lá. Mas a gente já atuou bem ao longo desses anos no Independência, já conseguimos vitórias. Se a gente estiver focado, concentrado, temos chances de sair de lá com o resultado positivo.

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: Este conteúdo é protegido!