Publicidade

Cruzeiro empata com Uberlândia nos acréscimos

Postado em 27/02/2021 18:58

Raposa sai em desvantagem no marcador, mas iguala o placar no fim do jogo, com o lateral-direito Raúl Cáceres

A jornada é longa e o caminho tem tudo para ser tortuoso. É preciso ter paciência, embora tal sugestão possa soar como deboche para uma torcida que vem há mais de um ano tentando encontrar motivos para resistir. Contudo, o que cobrar de um time que treinou por duas semanas, atuou com mais da metade da escalação de novatos, sob o comando de um treinador também recém-chegado?

Este foi o Cruzeiro que entrou em campo neste sábado (27), no Parque do Sabiá, e, no finalzinho do jogo, conseguiu o empate com o Uberlândia, por 1 a 1, na abertura do Módulo I do Campeonato Mineiro. Reis, aos 25 minutos do primeiro tempo, abriu o marcador. Cáceres, aos 46 do segundo tempo, igualou.

Advertisement

O primeiro tempo foi equilibrado, sem grandes emoções ou chances reais de mudar o placar de ambos os lados. O Cruzeiro tentou se impor e, nos minutos iniciais, chegou à meta de Marcão de forma mais contundente em pelo menos três oportunidades. Nenhuma delas, porém, capazes de balançar a rede.

Foi o Uberlândia, contudo, que tornou efetiva a melhor chance criada. Após um lançamento da defesa, Alan Ruschel se perdeu na viagem da bola e Léo se aproveitou. Pela direita, o atacante do Verdão avançou e rolou para o meio da área. Fábio tentou se reposicionar, em vão. Reis, de perna direita, falhou no chute, mas não no objetivo, e empurrou para o fundo da rede, aos 25 minutos. “A gente criou chance, teve maior volume de jogo. No descuido, (a gente) tomou o gol”, admitiu Ruschel, protagonista no vacilo, na saída para o intervalo.

Em vantagem no placar, o Uberlândia se retraiu. A Raposa dominou a posse de bola, finalizou mais e errou passes na mesma proporção. O time estrelado criou mais oportunidades, mas nada capaz de transpor o esquema defensivo do time do Triângulo. Por isso, os chutes de longa distância se tornaram opção, como o de Rafael Sóbis, aos 46 minutos, que explodiu no travessão.

A segunda etapa foi espécie de um treino ataque contra defesa. O Cruzeiro aumentou a pressão na saída de bola do adversário, tentou encurralar o Uberlândia e conseguiu. Sobretudo, após a entrada de Claudinho, que deu mais qualidade nas jogadas ofensivas.

No entanto, pressão, posse de bola, chute na trave não alteravam o placar. Até que Cáceres, saiu da lateral e, aos 46 minutos do segundo tempo, com violência, igualou o marcador.

Na próxima rodada, a Raposa  recebe a Caldense, quarta-feira (3), às 21h, no Mineirão. No mesmo dia, o Verdão encara a URT, às 20h, no Zama Maciel, em Patos de Minas.

UBERLÂNDIA 1 X 1 CRUZEIRO

MOTIVO: 1ª rodada do Módulo I do Campeonato Mineiro

LOCAL: Parque do Sabiá, em Uberlândia

GOL: Reis, aos 25 minutos do primeiro tempo; Raúl Cáceres, aos 46minutos do segundo tempo

CARTÕES AMARELOS: Lucas Paranhos, Reis e Marcão (U); Manoel e Matheus Pereira (C)

ARBITRAGEM: Paulo Cesar Zanovelli, auxiliado por Felipe Alan Costa e Fernanda Nandrea Gomes

UBERLÂNDIA: Marcão; Everton, Mailson, Bruno Maia e Gilmar; Felipe Recife, Paranhos, Léo (Natan) e Luizinho; Felipe Pará (Douglas Basílio) e Reis (Daniel). Técnico:

CRUZEIRO: Fábio; Raúl Cáceres, Manoel, Weverton e Alan Ruschel (Matheus Pereira); Matheus (Adriano) Matheus Barbosa (Claudinho) e Marcinho (Thiago); Rafael Sóbis, William Pottker e Felipe Augusto (Airton). Técnico: Felipe Conceição

Fonte:/www.otempo.com.br

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!