“Caxumba” é convocada na Seleção Brasileira

Postado em 27/06/2019 16:15

O atacante Richarlison está fora do jogo desta noite contra o Paraguai, e, possivelmente, do restante da Copa América. Ele foi diagnosticado com caxumba. O tratamento requer repouso absoluto e isolamento do grupo por causa do risco de contágio. Toda a delegação será vacinada depois da partida, marcada para as 21h30, na Arena do Grêmio.

A partir do momento em que sentiu dores e teve um inchaço no pescoço, Richarlison foi submetido a exames. Na manhã desta quinta-feira, o resultado confirmou caxumba e o jogador foi colocado em isolamento. Até a última quarta, entretanto, ele fez toda a programação normal junto aos companheiros. O risco de que alguém tenha sido contaminado pelo vírus existe. A recomendação médica nesses casos é a vacinação e um acompanhamento do departamento médico para identificar qualquer possível sintoma.

A seleção brasileira, neste momento, por meio da assessoria de imprensa, informa que vai acompanhar a recuperação de Richarlison antes de optar pelo corte ou por sua permanência no grupo. Ele tem de ficar em isolamento pelo prazo mínimo de três a cinco dias, até o fim do risco de contágio, o que compromete inclusive sua viagem para Belo Horizonte em caso de classificação para a semifinal.

O grupo embarcaria na sexta-feira à noite, e Richarlison teria de permanecer em Porto Alegre por mais um tempo. Richarlison, que ficaria no banco de reservas, é o terceiro desfalque para as quartas de final da Copa América. Os volantes Casemiro, suspenso, e Fernandinho, ainda sem recuperação física plena de um entorse no joelho, também não poderão enfrentar o Paraguai.

BRASIL x PARAGUAI

Local: Arena do Grêmio

Data e horário: quinta-feira, às 21h30 

BRASIL: Alisson, Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva e Filipe Luís; Arthur, Allan e Coutinho; Everton, Gabriel Jesus e Firmino. Técnico: Tite

Reservas: Ederson, Cássio, Fagner, Militão, Miranda, Alex Sandro, Paquetá, Willian e David Neres

Desfalques: Casemiro (suspenso), Fernandinho (em recuperação física) e Richarlison (caxumba)

PARAGUAI: Gatito Fernandez, Piris, Gustavo Gómez, Alonzo e Arzamendia; Perez (Derlis González), Sánchez, Ortiz e Rojas; Oscar Romero e Almiron. Técnico: Eduardo Berizzo

Arbitragem: Roberto Tobar, auxiliado por Christian Schiemann e Claudio Rios (todos do Chile); VAR: Julio Bascuñan (Chile), auxiliado por Piero Maza (CHI) e Nicolas Tarán (Uruguai)

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com