Publicidade

Cai o primeiro técnico do Brasileirão

Postado em 20/08/2020 12:01

BANNER FUTEBOL AGOSTO 2020

O Coritiba anunciou a demissão do técnico Eduardo Barroca e também do diretor de futebol, Rodrigo Pastana, após a derrota de 3 a 1 para o Corinthians, na noite desta quarta-feira. Com o resultado, o Coxa segue na lanterna do Campeonato Brasileiro, ainda sem pontuar. Além disso, o clube chegou a seis derrotas seguidas. A confirmação da demissão foi feita pelas redes sociais do clube.

Barroca deixa o Coritiba após 11 vitórias, três empates e oito derrotas, com 54% de aproveitamento.

A permanência de Barroca e de Rodrigo Pastana já estava comprometida desde a derrota de 1 a 0 para o Flamengo, na terceira rodada. 

O auxiliar técnico Mozart comanda a equipe de forma interina contra o Bragantino, pela quinta rodada do Brasileiro, no próximo sábado.

Entre os nomes que aparecem como preferidos estão o de Jorginho para treinador e William Thomas e Ruy Costa para o departamento de futebol. Jorginho foi o técnico do acesso do Coritiba no ano passado, mas diretoria e treinador não conseguiram chegar a um acordo para sua manutenção em 2020.

Eduardo Barroca chegou ao Coritiba após a diretoria não renovar com Jorginho. Antes de chegar ao Coxa, Barroca construiu a maior parte da carreira na base. Ele tinha sido técnico de apenas dois times profissionais, Botafogo (27 jogos) e Atlético-GO (nove jogos).

A demissão de Rodrigo Pastana interrompe um trabalho do executivo que começou no início de 2019 em busca do acesso. Tinha no currículo mais recente a campanha do Paraná em 2017 para voltar à primeira divisão, mas também acabou responsabilizado pela montagem do clube que falhou em 2018 e foi rebaixado.

Pastana foi o homem forte do Coritiba durante esse período. Ele comandou o departamento de futebol, tinha a palavra principal nas contratações.

Além de ocupar a lanterna do Brasileirão, o Coritiba também decepcionou nas outras duas competições de 2020. Caiu diante do Manaus logo na primeira fase da Copa do Brasil e perdeu para o maior rival, o Athletico, na decisão do Campeonato Paranaense.

Antes da derrota para o Corinthians, o Coritiba já tinha perdido para Internacional (1 a 0), Bahia (1 a 0) e Flamengo (1 a 0)

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!