Cada dia mais perto. - Portal MPA

Publicidade

Cada dia mais perto.

Postado em 09/11/2021 12:32

O Atlético caminha a passos largos para para conquistar o título da Série A 2021 por antecedência. Com a vitória por 1 a 0 sobre o América e o empate do Flamengo com a Chapecoense, o Galo termina a 30ª rodada com 96% de chances de levantar a taça. Do outro lado, Grêmio e Santos têm 89% e 21% de risco de queda, respectivamente.

Atlético-GO e Juventude ainda se enfrentam pela 30ª rodada no dia 23 de novembro.

Os rivais na briga pelo título têm números modestos, faltando oito rodadas para o fim da competição. Na 3ª colocação e com um jogo a menos em relação ao time mineiro, o Fla aparece com 2%. O Palmeiras, segundo colocado, também tem 2%. As projeções são do site Infobola, do matemático Tristão Garcia.

Lá na parte de baixo da tabela, a Chapecoense está virtualmente rebaixada. Com apenas uma vitória e 15 pontos em 30 partidas, o time tem 99% de risco de cair.

O Sport, derrotado pelo Fluminense por 1 a 0, apresenta 84% de risco. E além dos já citados Grêmio e Santos, outro com alta probabilidade de queda é o Juventude, com 73%.

Chances de título

  • Atlético – 96%
  • Flamengo – 2%
  • Palmeiras – 2%

Riscos de rebaixamento

  • Chapecoense – 99%
  • Grêmio – 89%
  • Juventude – 73%
  • Sport – 84%
  • Santos – 21%
  • Bahia – 9%
  • São Paulo – 7%
  • Atlético-GO – 3%
  • América – 3%
  • Athletico-PR – 4%
  • Ceará – 3%
  • Cuiabá – 5%

Chances de G-4

  • Atlético – 99%
  • Palmeiras – 97%
  • Flamengo – 97%
  • Fortaleza – 50%
  • Bragantino – 25%
  • Corinthians – 23%
  • Internacional – 7%
  • Fluminense – 2%

Pelas probabilidades, o Atlético já está na Copa Libertadores 2022. Parece óbvio, uma vez que a ambição e realidade do clube mostra é a proximidade do tão sonhado título no Brasileirão. Mas, de forma antecipada, a presença do Galo na próxima edição do torneio sul-americano é estaticamente garantida.

Será a oitava participação do clube mineiro na maior competição interclubes da América do Sul, isso nas últimas 10 edições da Libertadores. De 2013 (quando foi campeão inédito) até 2022, o Atlético só não participou em 2018 e em 2020. Até 2013, a história do clube mostrava quatro presenças no torneio (1972, 1978, 1981 e 2000).

O departamento de matemáticas da UFMG indicam 100% de probabilidade de Libertadores ao Galo, além de 95,5% de chances de título brasileiro.

Uma virada de página a partir de um time vencedor construído na virada de 2011 para 2012, com Cuca no comando técnico. O treinador é quem mais esteve à frente do Galo em jogos da Libertadores. Na atual edição, parou na semifinal, eliminado para o Palmeiras.

E o Palmeiras é um ponto-chave da vaga do Galo em 2022. O Verdão irá fazer a final em 27 de novembro contra o Flamengo, em Montevidéu. O futebol brasileiro terá um campeão da Libertadores. Paulistas e cariocas estão na disputa pelo título Brasileiro, invariavelmente, ficarão no G-6 e, assim, por serem finalistas da Libertadores, o G-6 virou G-7. E pode virar G-8 e até G-8. Não há garantias.

Mas é fato afirmar que a pior colocação do Galo no Brasileirão 2021 é o sétimo lugar. Hoje, o oitavo lugar Fluminense tem 23 pontos a menos que o Galo (65 x 42), faltando 24 a serem disputados. Entretanto, o Flu irá encarar o Inter, sétimo lugar, na 35ª rodada – no Maracanã.

Ou o Tricolor, ou o Colorado poderiam passar o Atlético, isso numa situação surreal de o líder não vencer mais e parar nos 65 pontos. Outro ponto de análise é: o Galo irá encarar o sexto lugar Corinthians nesta quarta-feira, se vencer, já garante presença no G-6, então, a vaga na Libertadores 2022 não será mais “estatisticamente” certa, e sim matematicamente.

Vale lembrar que o Atlético é finalista da Copa do Brasil 2021, contra o Athletico-PR, que é mais uma porta de entrada na Libertadores. A decisão será em dois jogos, 12/12 (BH) e 15/12 (Curitiba).

O Brasileirão 2021 pode abrir vaga na Libertadores (prévia) até para o oitavo e o nono colocado. Além da final continental entre brasileiros, a Sul-Americana, cujo campeão também dá classificação à Libertadores, tem Bragantino (4º) e o Athletico-PR (11º) na decisão, em 20/11.

O Furacão é o único finalista de torneio da Conmebol fora da zona de classificação da Libertadores no Brasileiro. Imaginando que a equipe paranaense vença a Sul-Americana e também a Copa do Brasil, mas fique em 11º lugar, a vaga da Libertadores via Copa do Brasil seria transferida para o Brasileiro (G-8).

O G-9 no Brasileiro seria possível na seguinte condição: Flamengo ou Palmeiras terminam o Brasileiro no G-6; Athletico-PR vence a Copa do Brasil e fica entre os oito dos pontos corridos, e o Bragantino é campeão da Sul-Americana, ficando no G-8.

FUTEBOL MINAS FM

 

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
antes do ifdentro do if

1 coment

  1. frolpwecerit disse:

    Hiya very nice web site!! Man .. Excellent .. Wonderful .. I will bookmark your website and take the feeds also…I am happy to seek out a lot of helpful info here in the put up, we need work out extra strategies in this regard, thanks for sharing. . . . . .

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade