Brasil enfrenta Paraguai na expectativa do manifesto contra Copa América. - Portal MPA

Publicidade

Brasil enfrenta Paraguai na expectativa do manifesto contra Copa América.

Postado em 08/06/2021 11:51

Embalada por cinco vitórias em cinco jogos nas Eliminatórias, a Seleção volta a campo na noite desta terça-feira, quando enfrenta o Paraguai, às 21h30 (de Brasília), no estádio Defensores del Chaco, em Assunção.

O duelo é válido pela oitava rodada da competição (a quinta e a sexta foram adiadas por conta da pandemia de Covid-19).

Assim como o Brasil, a seleção da casa está invicta na competição, mas empatou quatro dos cinco jogos disputados. A única vitória foi sobre a Venezuela, fora de casa, na segunda rodada.

Por falar em empates, o confronto entre brasileiros e paraguaios tem sido marcado por placares iguais nos últimos tempos. Das últimas seis partidas entre as seleções, cinco terminaram sem um ganhador – a única vitória foi canarinho, em 2017.

Já no retrospecto geral o Brasil leva ampla vantagem. Em 80 jogos, foram 47 vitórias, 22 empates e apenas 11 derrotas, com 173 gols marcados e 66 sofridos.

Vale lembrar que os quatro primeiros colocados das Eliminatórias se classificam para o Mundial do Catar – o quinto lugar disputa a repescagem.

Fora das duas últimas Copas do Mundo, a seleção paraguaia faz boa campanha nas Eliminatórias, mas ainda não venceu como mandante – empatou com Peru e Bolívia.

Conhecido dos brasileiros pelo tempo em que jogou no Corinthians, Ángel Romero chega como o destaque da “albirroja”. Ele tem quatro gols na competição, mesma quantidade de Neymar.

Apesar da boa atuação na última rodada, quando o Paraguai empatou com o Uruguai, em Montevidéu, o argentino Eduardo Berizzo pode fazer modificações. Duas possíveis são as entradas do zagueiro Júnior Alonso no lugar de Balbuena, e também do lateral-esquerdo Arzamendia, na vaga de Óscar Romero, atuando um pouco mais avançado.

Advertisement

Provável Paraguai: Antony Silva; Robert Rojas, Gustavo Gómez, Júnior Alonso, Alderrete; Villasanti, Gastón Gímenez; Arzamendia, Ángel Cardozo; Almíron, Ángel Romero. Técnico: Edurado Berizzo.

A Seleção deve ter mudança no ataque para o jogo desta noite. No último treino antes da partida, Tite montou uma linha ofensiva com Gabriel Jesus aberto pelo lado direito do ataque, com Neymar centralizado e Richarlison na ponta esquerda.

Desta forma, Gabigol deve perder a titularidade.

Outra possível mudança é no meio de campo. Tite não deixou claro no treinamento nem quis falar em entrevista coletiva, mas pode promover a entrada de Roberto Firmino ou Everton Ribeiro no lugar de Fred ou Lucas Paquetá.

Com 14 gols marcados e apenas dois sofridos, o Brasil tem o melhor ataque e a melhor defesa das Eliminatórias.

Provável Brasil: Alisson; Danilo, Marquinhos, Éder Militão, Alex Sandro; Casemiro, Fred; Lucas Paquetá, Gabriel Jesus, Richarlison; Neymar. Técnico: Tite

Pendurados: Marquinhos e Richarlison.

Equipe de Arbitragem: Árbitro: Patrício Loustau, da Argentina, Auxiliares: Ezequiel Brailovsky e Gabriel Chade, ambos da Argentina, Quarto árbitro: Dario Herrera, da Argentina, VAR: Mauro Vigliano, da Argentina.

Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade