Publicidade

Na Libertadores Boca Jr. e Atlético ficam no Empate

Postado em 13/07/2021 21:18

 

O Atlético respeitou demais o Boca Juniors e a temível Bombonera. Apesar disso, o time saiu do estádio xeneize com um bom resultado, já que o empate sem gols fará a vaga das oitavas de final da Libertadores ser decidida no Mineirão, na próxima semana.

Advertisement
 
O jogo na Bombonera teve todos os ingredientes de um Brasil x Argentina. Muita reclamação, catimba, entradas duras, polêmica de arbitragem. Porém, pouco futebol apresentado pelos dois times.

O resultado de igualdade acabou sendo justo pelo que as duas equipes apresentaram. O Galo, que deixou a desejar ao ter dificuldades de chegar ao ataque. E o Boca que pressionou, mas de maneira desordenada. 

O jogo

O Atlético entrou com um time forte e com Nacho Fernández no meio-campo. O argentino se recuperou de lesão muscular a tempo de retornar ao estádio onde cansou de enfrentar o Boca com a camisa do rival River Plate.

E pareceu se sentir em casa. Dando opções de passes, se movimentando e, principalmente, sendo o responsável pela reclamação do time do Atlético em relação à marcação do árbitro Andrés Rojas que, inicialmente, assinalou gol do Boca em lance de Briasco.

Nacho cobrou bastante do árbitro para analisar as imagens pelo VAR, o que depois de cinco minutos foi feito e anulado o gol xeneize após a confirmação de falta de Briasco sobre Nathan Silva.

No segundo tempo o jogo ficou mais feio, brigado. Como muitos gostam de dizer ‘jogo de Libertadores’. Melhor para o Atlético, que parecia querer deixar o tempo passar para decidir a vaga no jogo de volta, em casa, sem vantagem para nenhum lado.

O Galo poderia ter apertado mais, pressionado o Boca fora de casa, mas respeitou demais uma equipe que não jogava há mais de um mês e meio, além de ter reformulado boa parte do elenco. Mas se o objetivo era não perder, conseguiu.

 

Boca Juniors 0 x 0 Atlético

Motivo: jogo de ida das oitavas de final da Taça Libertadores 2021

Local: estádio La Bombonera, em Buenos Aires (ARG)

Cartões amarelos: Zaracho, Allan, Vargas (A); Rojo, Pavón (B)

Boca Juniors

Rossi; Weingandt, Izquierdoz, Rojo e Sandez; Gonzalez (Varela), Rolon e Medina (Orsini); Pavón, Briasco e Villa. Técnico: Miguel Angel Russo

Atlético

Everson; Mariano, Nathan, Réver (Dodô) e Alonso; Allan (Jair), Tchê Tchê, Zaracho (Vargas) e Nacho (Calebe); Hulk e Savarino (Borrero). Técnico: Cuca

 

 

Fonte: Jornal o tempo

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!