Corinthians leva empate do Atlético no aniversário em resultado ruim para os dois

Postado em 01/09/2018 21:02

O Corinthians comemorou seu 108º aniversário neste sábado, na Arena, mas não teve motivos para comemorar dentro de campo. O time de Osmar Loss até saiu na frente, contando com boa dose de sorte, mas levou o empate, em 1 a 1, do Atlético-MG no Campeonato Brasileiro.

Voltando a campo depois da eliminação da Copa Libertadores, diante do Colo-Colo, o Corinthians abriu o placar aos 19 minutos, após bela finalização de Pedrinho. A bola foi no travessão, mas voltou nas costas de Victor, morrendo em seguida no fundo do gol.

O Atlético foi buscar a igualdade ainda no primeiro tempo, aos 34, com um ex-corintiano: Fábio Santos, que cobrou pênalti cometido por Gabriel (mão na bola) com muita categoria.

O resultado acaba sendo ruim para as duas equipes. O Corinthians chegou a 30 pontos, mas perdeu a chance de se aproximar do G-6, que tem justamente o Atlético como sexto colocado, agora com 35 pontos. Os mineiros, porém, já amargam três jogos sem vencer.

Na próxima rodada, a 23ª do Brasileiro, o Corinthians volta a campo na quarta-feira, fora de casa, contra o Ceará , às 20h. Já o Atlético reencontra sua torcida após dois jogos como visitante, no Independência, no mesmo dia, às 21h45, contra o líder São Paulo.

Festa, poucas emoções e dois gols

Antes de a bola rolar na Arena, o Corinthians fez uma série de ações para comemorar seus 108 anos. As luzes se apagaram, crianças entraram em campo com bandeiras, a torcida cantou parabéns e houve uma grande queima de fogos. Quando a bola rolou, porém, faltou futebol.

Os minutos iniciais de partida foram de muito jogo no meio-campo e poucos ataques. Aos 19 minutos, contudo, o primeiro chute que foi no gol entrou. Pedrinho bateu colocado e acertou o travessão. Só que teve sorte: a bola voltou nas costas de Victor e morreu dentro da rede.

Mesmo em desvantagem, o Atlético demorou a acordar e só finalizou pela primeira vez aos 32 minutos, em chute para muito longe de Adilson. Só que, pouco depois, aos 34, Gabriel colocou a mão na bola dentro da área. Pênalti que Fábio Santos bateu com muita categoria e empatou.

Faltou qualidade…

Se no primeiro tempo as finalizações demoraram a acontecer, no segundo, foi um pouco diferente. Em cinco minutos, ao menos, as duas equipes bateram a gol, sem grande perigo, é verdade, para Walter e Victor. Já aos sete, o Corinthians teve ótima chance com falta na entrada da área, mas Danilo Avelar cobrou muito mal e mandou direto para fora.

Muito mais perigo levou chute de fora da área de José Welison, aos 17 minutos, após bola roubada por Chará. A bola, porém, saiu um pouco à esquerda, mas tirando tinta da trave. Ainda mais perto ficou Ricardo Oliveira, aos 24, carimbando o poste o cabeceio.

Só aos 26 minutos o Corinthians voltou a incomodar, pouco depois de duas mudanças de Osmar Loss – Mateus Vital e Danilo entraram nos lugares de Romero e Roger. Por duas vezes, a bola passou na frente do gol de Victor, em bolas de Avelar e Mantuan, mas ninguém desviou.

Tirando os chutes de fora da área, as duas equipes sofreram para criar, e o empate acabou de bom tamanho, apesar de não agradar ninguém.

Ouça os gols da partida na voz de Taylor de Freitas:

 

 

Fonte: ESPN.com

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Real Time Web Analytics