Publicidade

América tem novo presidente para o triênio 2021-2023.

Postado em 23/02/2021 11:44

Alencar da Silveira Júnior está oficialmente de volta ao comando do América. Nesta segunda-feira, a chapa “América Série A”, encabeçada por ele, foi eleita em pleito realizado de maneira remota, por conta da pandemia. O mandato do grupo, que assume o clube no dia 1º de março, vai até o fim de 2023.

Além de Alencar, a única chapa que concorreu à eleição contém outros quatro integrantes. São eles: Américo Gasparini Filho, Euler de Almeida Araújo, Glauco do Carmo Xavier e Ricardo Afonso Raso, filho do presidente de honra do clube, Afonso Celso Raso. De acordo com o América, 94% dos 142 conselheiros votaram no pleito desta segunda.

Advertisement

Ao site oficial do América, Alencar ressalta que missão é dar continuidade ao trabalho que vinha sendo desenvolvido por Salum e demais integrantes do conselho de administração, ressaltando a missão de manter o time na Série A por mais de um ano, o que seria inédito na história do clube.

“Será um trabalho de continuidade, que começou há mais de uma década. O América é uma família só. É uma responsabilidade redobrada, tínhamos deixado o América na Série A em 2017 e pegamos o América na Série A agora. (…) É um desafio com expectativa muito maior, sabendo de todas as dificuldades, mas jogando o América para cima, mostrando que o América é um grande clube e cada vez melhor com a ajuda de todos”.

Principal mandatário no clube entre 2018 e 2020, Marcos Salum poderia ter escolhido se reeleger, mas decidiu deixar o cargo por opção pessoal. Desde o anúncio da decisão, a transição de comando está sendo feita. Nesse intervalo, por exemplo, foi assinada a renovação de contrato do técnico Lisca e a contratação de Leandro Carvalho e Ricardo Silva.

A primeira grande medida a ser tomada por pela nova gestão vai ser definir o diretor de futebol do clube para a temporada. O cargo está vago desde que Paulo Bracks foi para Porto Alegre comandar o Internacional. Desde então, Atualmente, Fred Cascardo (diretor da base) e Rafael Diniz (gerente de futebol) dividem as responsabilidades da função.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!