Publicidade

América joga bem mas fica no empate contra o Juventude.

Postado em 18/08/2020 12:08

Dá pra melhorar! É essa a avaliação do técnico Lisca sobre o desempenho do América na Série B, principalmente no quesito ofensivo, que tem sido uma dor de cabeça para o treinador americano nesse início de competição. O Coelho tem apenas dois gols feitos em quatro partidas. Nessa segunda, empatou sem gols com o Juventude. O comandante do time mineiro também avaliou a pontuação da equipe e acredita que o Coelho está no caminho certo para evoluir.

No duelo de ontem, o treinador iniciou o jogo com uma formação diferente. Lisca escalou o jovem volante Flávio na vaga do lesionado Felipe Augusto. A intenção do técnico do América foi de segurar o ímpeto da equipe da casa no primeiro tempo e jogar tudo na etapa final, o que acabou acontecendo, mas o Coelho não conseguiu converter as chances criadas em gols.

“Foi para buscar uma situação de mais sustentação. Eu conheço bem o Juventude, sei como eles procedem jogando dentro de casa, e geralmente eles forçam muito no primeiro tempo. Não tinha torcida para apoiar, mas é uma equipe que tem essa característica desde a época que treinei o Juventude. Como tivemos muitos desgastes, optamos pelo Flávio, abrimos o Juninho em um lado, até porque estávamos com poucas opções de ataque, e conseguimos (melhorar) no segundo tempo, voltando mais para o nosso padrão, trazendo mais o Juninho com o Alê, botando o Toscano como um falso 9, empurramos o Rodolfo e o Matheusinho, depois a entrada do Carlos (Alberto), muito assertivo, mas infelizmente ele não conseguiu fazer aquele gol”.

“A ideia era ter um pouquinho mais de padrão, ter mais a posse da bola, encher um pouco mais o meio, por incrível que pareça, e ser um pouco mais agressivo no segundo tempo. Acho que conseguimos executar isso, porém não conseguimos converter no gol que nos daria a vitória”.

Sobre o início da equipe na Série B – atualmente, o Coelho possui cinco pontos em quatro partidas disputadas –, Lisca acredita que a sua equipe está tendo um desempenho mediano. O treinador destacou a dificuldade da competição, relembrou o início ruim do ano passado e disse que o time poderia estar com mais pontos neste ano, caso tivesse um desempenho ofensivo melhor.

“É a Série B, uma competição muito difícil. Viemos de dois jogos contra o Atlético muito pesados e sentimos um pouco a perda dos atacantes, das opções que tivemos. Mas avalio como média, não é nem muito boa, nem ruim. Estamos no meio da tabela e devemos permanecer no meio. Melhor que o ano passado, até porque, em 2019, com essa pontuação, tivemos apenas em nove rodadas. Agora, temos o mesmo número de pontos em quatro rodadas. Obviamente que precisamos do nosso poderio de fogo, poderio ofensivo, para transformar os jogos que dominamos, tanto o (contra o) Operário, como esse, em gols e, consequentemente, vitórias. Se tivéssemos ganho o último jogo e hoje, estaríamos com nove pontos e liderando a competição”.

Por fim, o comandante do Coelho fez questão de ressaltar o bom desempenho da equipe, com exceção do jogo contra o Cuiabá, quando o treinador relatou um América com uma atuação abaixo do esperado. Lisca acredita que a tendência é o time seguir em uma crescente nos próximos compromissos da temporada.

“O jogo do Cuiabá eu nem vou reclamar, pois realmente não jogamos bem, o adversário foi melhor que a gente, em todos os aspectos, e acredito que o resultado ali foi justo. Mas essas duas últimas partidas, se tivéssemos ganho, não seria injustiça nenhuma. Portanto, avalio assim: precisamos melhorar em alguns aspectos, é um período de avaliação e recomposição da equipe. Então, avalio como início médio e promissor de melhoria, principalmente se solucionarmos esse problema ofensivo”.

Nesta terça-feira, o América treina na capital gaúcha na parte da manhã e retorna para Belo Horizonte na parte da tarde. O técnico Lisca ainda terá dois treinos no CT Lanna Drumond antes do duelo com o Oeste-SP, na sexta-feira, às 19h15, no Independência, pela 5ª rodada da Série B.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!