Publicidade

América estreia na Copa do Brasil com partida mudando de local e horário “em cima da hora”.

Postado em 18/03/2021 13:09

Chegou a vez de Treze e América se encontrarem pela Copa do Brasil. O duelo inédito na competição coloca os dois clubes frente a frente numa espécie de decisão, já que apenas um deles vai seguir à próxima fase ao término dos 90 minutos. A bola rolaria para Galo e Coelho às 16h00, no Estádio Presidente Vargas, em Campina Grande, no interior da Paraíba, mas, de última hora, já na manhã desta quinta-feira, a CBF alegou que o PV não tem condições para receber a partida e a transferiu para o Amigão, na mesma cidade, retardando ainda o início do jogo para as 18h.

De acordo com o regulamento da competição nacional, o Treze, mandante da partida, só avança de fase vencendo o adversário mineiro. Já o América-MG assegura a sua permanência na disputa em caso de empate ou vitória.

Advertisement

Apesar de ainda não ter perdido em jogos oficiais em 2021, o Treze passou por um momento de instabilidade em seus bastidores, na última terça-feira. Houve uma reunião reivindicando salários atrasados. Com um momento a menos de trabalho em campo, o treinador Marcelinho Paraíba espera que os atletas alvinegros continuem apresentando o bom desempenho deste início de temporada para que possam surpreender o Coelho no retorno do clube à Copa do Brasil, competição que o Galo não disputa desde o ano de 2018. Até o momento, na Copa do Nordeste, o Galo da Borborema acumula uma vitória como mandante (contra o Altos) e dois empates como visitante (frente ao CSA e ao Fortaleza).

Com a base do elenco mantida para 2021, o América tem como meta repetir ou ao menos se aproximar da histórica campanha da última temporada na Copa do Brasil. Apesar do bom início no Campeonato Mineiro, com três vitórias consecutivas nas primeiras rodadas, o Coelho chega para a estreia na competição nacional após a primeira derrota no estadual. No último sábado, o time comandado por Lisca perdeu para a Caldense por 1 a 0 dentro de casa. Para balançar as redes adversárias, a esperança de gols do Alviverde é o atacante Rodolfo, artilheiro da última edição da competição nacional.

Em sua primeira partida como comandante técnico, o ex-jogador Marcelinho Paraíba vai para a sua primeira disputa à beira do gramado pela Copa do Brasil. Para a partida da tarde desta quinta-feira, ele vai ter apenas o zagueiro Adriano Alves como desfalque em sua equipe. O restante do elenco alvinegro está todo disponível para o confronto contra o Coelho.

Provável Treze: Jefersson; Paulinho, Marlon, Rômulo, Emerson; Darlan, Régis Potiguar, Romeu; Kleyton, Birungueta, Jairinho. Técnico: Marcelinho Paraíba.

O técnico Lisca não poderá comandar sua equipe na beira do gramado nesta quinta-feira. O departamento jurídico do clube não conseguiu o efeito suspensivo no STJD e o treinador segue suspenso por conta de reclamações no jogo contra o Avaí, na última rodada da Série B.

Dentro de campo, a grande novidade do Coelho deve ser o lateral Diego Ferreira. Voltando de grave lesão, ele entrou no intervalo do jogo contra a Caldense e deve retornar ao time titular na estreia da Copa do Brasil no lugar do jovem Thallys. Flávio e Sabino brigam por uma vaga como primeiro volante do time. No ataque, a disputa fica entre Leandro Carvalho e Léo Passos.

Provável América: Cavichiolli; Diego Ferreira, Messias, Anderson, João Paulo; Flávio, Juninho, Alê; Ademir, Leandro Carvalho, Rodolfo. Técnico: Cauã de Almeida.

Equipe de Arbitragem: Árbitro principal: Sávio Pereira Sampaio (CBF-DF), Assistente 1: Daniel Henrique da Silva Andrade (CBF-DF), Assistente 2: José Reinaldo Nascimento Júnior (CBF-DF), Quarto árbitro: Tiago Ramos (CBF-PB)

 

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!