Publicidade

Cruzeiro ignora time milionário do Atlético, vence ‘clássico dos 100 anos’ e vira vice-líder do Mineiro

Postado em 11/04/2021 18:14

Na partida que marcou os 100 anos do clássico disputado pela 1ª vez em abril de 1921, o Cruzeiro venceu o Atlético por 1 a 0, neste domingo, no Mineirão, pela 9ª rodada do Campeonato Mineiro.

O jovem Aírton fez o gol do triunfo da desacreditada crise celeste, que vive crise financeira sem precedentes e, nesta termporada, jogará a Série B pela 2ª temporada seguida.

O resultado é mais um placar decepcionante para o Galo comandado por Cuca, que gastou mihões e milhões com ajuda de mecenas, mas ficou muito aquém no dérbi deste domingo.

Em campo, os rivais fizeram um 1º tempo chato, com muita marcação, faltas em excesso e praticamente nada de chances de gol.

Advertisement

O melhor momento acabou sendo da Raposa: aso 35, Rafael Sóbis bateu forte uma cobrança de falta na meia-lua, mas Everson agarrou sem dar rebote.

Na volta do intervalo, porém, o que se viu no Mineirão foi um grande jogo, do nível esperado para um Cruzeiro x Atlético.

Quem quase marcou primeiro foi o Galo: aos 7, Nacho enfiou passe perfeito para Vargas, que bateu cruzado e viu Fábio fazer uma defesaça para evitar o gol.

Chileno teve a chance de abrir o placar para o Galo no clássico contra o Cruzeiro

Cuca, então, se animou, colocando Hulk na vaga de Savarino para ganhar.

Mas o tiro saiu pela culatra: o ex-atleta da seleção brasileira entrou muito mal na partida, perdendo bolas fáceis e errando muitos passes.

Quem aproveitou foi o Cruzeiro, que, em rápido contra-ataque, abriu o placar em um lindo lance.

Aos 16 minutos, Matheus Barbosa achou Rafael Sóbis, que deu passe maravilhoso de primeira para Aírton. O atacante bateu de chapa na bola e venceu Werverton.

1 a 0 Cruzeiro!

O Atlético sentiu, e a Raposa por muito pouco não ampliou já aos 22, quando Bruno José cabeceou com extremo perigo.

A resposta alvinegra só foi vir aos 29, em batida de fora da área de Nacho Fernández, que passou muito perto do ângulo de Fábio.

Cuca ainda tentou o empate com as entradas de Hyoran, Marrony e Eduardo Sasha, mas o Cruzeiro segurou o triunfo até o final.

Nos acréscimos, Pottker e Hulk ainda se estranharam, brigaram em campo e levaram cartões vermelhos.

Com a vitória, o time celeste vai a 17 pontos e assume a vice-líderança do Mineiro, enquanto o Galo ainda é o líder, com 21 pontos.

 

 

Ouça a partida na integra pela Minas fm:

 

 

 

Fonte: ESPN.com

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!