10 empresas brasileiras que estão contratando em plena crise covid-19

Postado em 01/04/2020 11:10

 

InfoMoney entrou em contato com 10 empresas que estão contratando para saber quais são as oportunidades no momento. Veja:

Carrefour

A rede de hipermercados Carrefour Brasil está com 5 mil vagas abertas com o objetivo de reforçar seus times para que todas as operações funcionem normalmente.

Os postos de trabalho são para operador de loja, auxiliar de perecíveis, agente de prevenção, recepcionista de caixa, padeiro, peixeiro, técnico em manutenção, açougueiro, operador de centro de distribuição e vendedor de eletrodomésticos.

A contratação será 100% online – desde a seleção dos candidatos, passando pelas entrevistas até a contratação final, quando o novo colaborador poderá entregar todos os documentos digitalizados, sem precisar comparecer pessoalmente.

“Estamos vivendo um momento atípico em todo o mundo e queremos contribuir para que todos continuem tendo oportunidades de trabalho. A escolha pelo processo digital garante a segurança do candidato, que não precisa sair neste momento em que se pede para ficar em casa, e otimiza o processo de seleção”, afirma João Senise, Vice-Presidente de RH do Grupo Carrefour Brasil.

Há oportunidades em todas as cidades do Brasil, no entanto, há um número maior de vagas em Manaus (Amazonas), Distrito Federal (Brasília), Goiânia (Goiás), Rio de Janeiro (Rio de Janeiro), Belo Horizonte (Minas Gerais), Porto Alegre (Rio Grande do Sul), Curitiba (Paraná) e Campinas, Ribeirão Preto, ABC, Baixada Santista e na capital paulista, todas localizadas no estado de São Paulo.

Para se candidatar às vagas, é necessário ter concluído ou estar cursando o segundo grau completo. Algumas funções requerem outros pré-requisitos, explicados na descrição.

Os interessados devem se cadastrar por meio do site 99jobs. A seleção começou nesta semana e as vagas permanecerão abertas até o preenchimento total dos cargos.

RaiaDrogasil

A rede de drogarias RaiaDrogasil está contratando cerca de 400 funcionários para os novas lojas da Droga Raia e da Drogasil previstas no plano de expansão deste ano. Além disso, a empresa já contratou, em 10 dias, 2.100 funcionários para lojas e 555 para Centros de Distribuição, com o objetivo de flexibilização de processos internos.

As vagas em aberto são para a área de operação, como por exemplo: atendentes e operadores de caixas, além de farmacêuticos para trabalharem nas 240 lojas novas serão abertas neste ano.

“Estamos sempre num processo contínuo de recrutamento, seleção, contratação e treinamento, uma vez que a RaiaDrogasil vem abrindo muitas lojas há alguns anos”, afirmou a assessoria da empresa.

Dado o momento, nas lojas, a empresa estabeleceu o espaçamento nas filas do balcão e dos caixas e está controlando o acesso dentro da área de venda para evitar aglomerações.

“Também estabelecemos o horário exclusivo para o atendimento a pessoas com 60 anos ou mais (das 7h às 9h) em todas as lojas. Além disso, a Droga Raia e a Drogasil não vão aumentar os preços dos medicamentos durante o mês de abril”, confirmou a empresa.

Via Varejo (Casas Bahia, PontoFrio)

A Via Varejo está contratando centenas de funcionários para a área de tecnologia. “Essa lista é prioridade agora e estamos contratando com urgência. O foco é a tecnologia para digitalizar ainda mais a companhia. As outras áreas seguem contratando também no ritmo acelerado porque precisamos nos preparar para a retomada do mercado. A diferença é que os profissionais de tecnologia começam imediatamente e os profissionais de outras áreas começarão mais para frente”, afirma Rosilane Purceti Balabram, diretora de RH da companhia.

Entre que estão sendo requisitados imediatamente estão desenvolvedores de softwares, analista de dados, entre outros, em variados níveis de senioridade. Rosilane explica que  os benefícios são os mesmos de sempre e que as ofertas para os novos profissionais se manterão nos patamares pré-crise.

A executiva também garantiu que a empresa não demitiu ninguém desde que a crise começou que o objetivo é continuar dessa maneira. “Nossos vendedores de lojas estão em home office oferecendo assistência online para os clientes que precisam”, afirma.

Segundo ela, o objetivo é acelerar as contratações. “Estamos com pressa. Tem vaga que estamos fechando em uma semana, mas na média em duas semanas o processo é finalizado. Queremos montar a melhor equipe de desenvolvedores do varejo, e o time vai ajudar no e-commerce, mas também para dados”, afirma. As vagas estão disponíveis no LinkedIn e no site da empresa. 

Rosilane conta que os novos funcionários serão integrados via home office e receberão o equipamento necessário em casa ou buscam em uma central operacional.

“Já tínhamos o desenho de uma integração há distância e as pessoas novas estão se adaptando muito bem. O momento exige mais comunicação e adaptação, mas é um novo jeito de trabalhar. Temos que tirar as lições e estudar o que poderemos eternizar no negócio pós-crise. Temos times trabalhando nos aprendizados desse momento, revendo políticas e adaptando times para trabalharem com alta performance mesmo remotos. A crise é relevante e sem precedentes, mas há espaço para aprendermos o que funcionou”, complementa.

Amazon

A Amazon Brasil está com cerca de 200 vagas abertas para diversas posições em São Paulo.

A empresa segue com os seus processos de seleção, com os mesmos benefícios de antes da crise e, na maioria das posições, o início do profissional é imediato.

“Todos os processos seletivos estão ativos e acontecendo de forma online dada à nova realidade”, afirmou a assessoria da empresa.

Há vagas para vários times da companhia como varejo, marketplace, Amazon WebServices, finanças, Prime Video,  recursos humanos, entre outros. Os cargos variam de analistas a posições mais seniores.

Para se cadastrar e conhecer todas as vagas em aberto, basta entrar no site da empresa. 

PepsiCo

A PepsiCo, empresa do setor de alimentos e bebidas, está com 500 vagas temporárias, para operações, vendas e finanças. O objetivo é ampliar as equipes para atender a demanda do momento.

A empresa afirma que sua prioridade é garantir o bem-estar, a segurança e a saúde de todos os funcionários e que já adotou uma série de medidas para protegê-los, já que o momento de demanda exige que os trabalhos continuem.

“A abertura de novas vagas corrobora para continuarmos com a nossa missão. Certamente este é um momento de adaptações, aprendizados e resiliência e temos a certeza de que, juntos, ultrapassaremos todas as barreiras”, afirma João Campos, CEO da PepsiCo Alimentos no Brasil.

A PepsiCo está contratando profissionais para as seguintes posições: vendedores, entregadores, auxiliar de produção, operador de produção, técnico de qualidade e de manutenção, auxiliar de logística, motorista carreteiro, analista de controladoria, entre outras.

Para fazer parte do time, é preciso ter disponibilidade para início imediato e para se castrar é preciso entrar no site e cadastrar o currículo.

Eurofarma

A Eurofarma, farmacêutica, está com cerca de 40 vagas abertas em São Paulo. Há posições de estágio até coordenador em diversas áreas da empresa.

A companhia busca profissionais com espírito arrojado, que querem os melhores resultados e acreditam que podem ampliar seus horizontes na empresa. A assessoria afirmou que o ritmo de contratações não teve alterações e que a empresa segue contratando profissionais mesmo nesse período conturbado.

Para se cadastrar nas vagas, bastar entrar no site da empresa.

Grupo Big

O Grupo BIG, que comprou recentemente o Walmart Brasil, está com mais de 500 vagas abertas nas regiões onde está presente, com diversas posições de trabalho para as lojas e centros de distribuição da empresa.

A seleção será 100% online e o processo de contratação é fechado em menos de uma semana. Após o cadastro no site e envio online do currículo, o candidato deve gravar um vídeo respondendo algumas perguntas sobre o perfil do candidato.

Há vagas abertas para diversas funções em lojas e CDs, como operadores de caixa, repositores, açougue, auxiliar de perecíveis entre outros. Segundo a empresa, para se candidatar, é necessário ter mais de 18 anos, ser proativo para buscar soluções rápidas para o dia a dia do trabalho e ter alta capacidade de execução.

“Por se tratar de uma novidade no setor, disponibilizamos uma série de informações no site sobre como o interessado deve prosseguir em cada etapa. Além disso, temos uma equipe de 50 pessoas, trabalhando em home office, monitorando o processo e contatando os candidatos em caso de dúvidas”, explica Cátia Porto, diretora executiva de RH e Assuntos Corporativos do Grupo BIG.

Para se candidatar às vagas disponíveis, os interessados devem acessar o site do grupo. 

Bayer

Bayer, farmacêutica e química alemã, também está contratando no país. São 110 vagas para o seu programa de estágio. O processo seletivo acontece agora, mas o início será no segundo semestre de 2020.

As posições são para alunos de nível universitário e técnico, que irão atuar nas divisões de Crop Science, Pharmaceulticals e Consumer Health. Os interessados podem se inscrever pelo site até o dia 15 de abril.

Podem se inscrever alunos a partir do 2º ano da graduação superior e para estudantes que tenham vínculo com colégios técnicos, que possibilitem a assinatura de estágio por até 2 anos com disponibilidade de 30h a 40h semanais. As posições estão disponíveis nos seguintes estados: Bahia, Goiás, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, São Paulo, Mato Grosso e Paraná. As vagas são direcionadas para estudantes de todas as áreas de ensino.

Nos cargos mais seniores, a empesa está com cerca de 30 vagas abertas em díversas áreas. Há vagas para representante de vendas, analista de RH, coordenador de produção, compliance, entre outros em várias regiões do Brasil. As vagas estão disponíveis no site da empresa. 

Grupo Pão de Açúcar (Pão de Açúcar, Assaí e Extra)

Grupo Pão de Açúcar está contratando profissionais temporários para contratos de 30 dias a fim de reforçar o time de lojas neste período de crescimento de vendas no varejo alimentar em todo o Brasil e consequente aumento de demanda em suas lojas físicas e online.

O processo seletivo foi acelerado dado o momento e está sendo conduzido por meios digitais de forma a evitar o contato físico. Os candidatos já estão na etapa final do processo.

Segundo a empresa, há a possibilidade de prorrogação desse contrato em cargos operacionais (como estoquistas, caixas e atendentes) nas lojas e e-Commerce do Extra e do Pão de Açúcar de todo o Brasil, além do James e da Cheftime, startups que pertencem a companhia.

Gympass

O Gympass está com cerca de 90 vagas abertas sendo quase 60% na área de tecnologia e algumas posições são da área corporativa. “Seguimos com as vagas que estavam abertas e continuamos os processos seletivos. A primeira etapa já era online e a segunda era presencial para o profissional conhecer o gestor. Agora, todas as etapas são online”, conta Caio Chedid, líder de recrutamento do Gympass, em entrevista ao InfoMoney.

Marcelo Festa, Líder de treinamento e desenvolvimento do Gympass, afirma que a empresa criou um comitê que aprova as posições de forma remota. “E quem chega está sendo integrado em casa e recebe os equipamentos por meio de empresas de logísticas especializadas para não ter problemas no material e entregá-los higienizados”.

As principais vagas são para  desenvolvedores de todas as senioridades. “Mas a pessoa que é contratada para o Gympass pode trabalhar com qualquer equipe, especialmente em tecnologia. Hoje entra para um squad, mas na semana que vem pode ir para outro. Por isso, esse comitê é importante. Todos os gestores aprovam”, conta Chedid.

Nesta semana, cerca de 30 profissionais chegaram na empresa – e todos começaram de forma online. “O desafio é conseguir passar a mensagem de forma adequada: as politicas atuais dado o momento, a cultura da empresa… Mas todo mundo está se esforçando, estamos percebendo um engajamento alto nesse período. Nesse momento, precisamos detalhar o máximo possível, e estar mais disponível para tirar dúvidas”, diz Festa.

A startup busca profissionais adaptáveis a diferentes cenários e que sejam flexíveis, com perfil de empreendedores. “Por isso, nos adaptamos muito bem. Já fazíamos home office, um ou duas vezes por semana e todos os funcionários tem esse perfil de acordo com a cultura da empresa”, diz Chedid.

A empresa também garantiu que os novos funcionários terão as mesmas ofertas salariais de momentos pré-crise.

Para acessar as vagas disponíveis, basta entrar no LinkedIn da empresa.

 

fonte: https://www.infomoney.com.br/carreira/10-empresas-que-estao-contratando-no-brasil-em-meio-a-crise-do-coronavirus/

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
error: Este conteúdo é protegido!