Números caem, mas índice de crimes violentos permanece alto no Brasil - Portal MPA

Publicidade

Números caem, mas índice de crimes violentos permanece alto no Brasil

Postado em 18/01/2022 10:00

Diversos estados brasileiros registram queda no número de crimes violentos em 2021, na comparação com 2020. Com dados do primeiro semestre de 2021, Mato Grosso do Sul apresentou redução de 60% no latrocínio – que é o roubo seguido de morte – e de 87% nos feminicídios. A secretaria de segurança pública sul-mato-grossense ressalta que o estado está entre os que mais apreendem drogas no país, e que tem atualmente um dos maiores índices de esclarecimentos de homicídios.

A queda de feminicídios também se destaca na Bahia, com 13% de casos a menos, de janeiro a setembro de 2021, em relação ao mesmo período de 2020.

No Distrito Federal, segundo a Secretaria de Segurança Pública, no primeiro trimestre do ano passado foram contabilizadas 1.300 mortes a menos na comparação com o mesmo período do ano anterior, o que representa 11% de redução nos CVLIs, os Crimes Violentos Letais Intencionais, que englobam homicídio, feminicídio, latrocínio e lesão corporal seguida de morte.

Os dados da criminalidade no país são monitorados desde 2017 pelo Monitor da Violência, em parceria com a Universidade de São Paulo e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Para o diretor presidente do Fórum, Renato Sérgio de Lima, apesar de não haver dados de todos os estados, os índices de crimes violentos vêm de fato caindo no país desde 2018, quando forças policiais se reorganizaram depois de uma guerra entre facções criminosas nos dois anos anteriores. Mas, ele aponta outro fator que contribui para a diminuição da criminalidade: o envelhecimento da população.

Alguns estados declaram quedas recorde na violência, como Alagoas. De acordo com a secretaria estadual de Segurança, 2021 teve o menor número de homicídios desde 2012. O Rio Grande do Sul já registra redução de crimes violentos pelo terceiro ano consecutivo. Segundo a Secretaria de Segurança Gaúcha, a diminuição nos homicídios, latrocínios e feminicídios no ano passado significa que mais de 2.050 vidas deixaram de ser interrompidas pelo crime.

Apesar de reconhecer o esforço dos governos estaduais para reduzir a criminalidade violenta no Brasil, Renato Sérgio de Lima afirma que o Fórum Nacional de Segurança considera esses índices ainda muito altos, se comparados com o de outros países.

Ainda segundo o diretor presidente do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, apesar da queda na criminalidade violenta ser um sinal positivo, não é apenas combatendo o crime que se reduz a violência. Ele aponta a necessidade de mudar a lógica da violência que existe no Brasil, e de se investir em segurança como direito fundamental, prevenção, acesso e garantias de cidadania.

As informações são da Agência Brasil.


Foto ilustrativa: Pixabay

O post Números caem, mas índice de crimes violentos permanece alto no Brasil apareceu primeiro em Portal Amirt.

Postado originalmente por: Portal AMIRT