Publicidade

Nova Serrana: criminosos roubam carga de calçados avaliada em R$ 200 mil

Postado em 11/03/2021 11:00

A carga foi localizada por meio de rastreamento na BR-381

Uma carga com mais de seis mil pares de calçados avaliada em R$ 200 mil foi recuperada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) nessa quarta-feira (10). Os sapatos foram roubados em uma empresa de Nova Serrana, no Centro-Oeste de Minas Gerais, após assaltantes invadirem o local. Os funcionários foram amarrados e deixados no banheiro da empresa.

Advertisement

A Operação de Combate ao Crime começou na BR-381 e terminou na Via Expressa de Betim, na região Metropolitana de Belo Horizonte.

Na ocasião, policiais receberam informações do assalto e iniciaram rastreamento. Os criminosos transportavam a carga em um caminhão com queixa de furto/roubo, com placas clonadas.

A carga estava em um caminhão furtado e com placas clonadas/Foto: Divulgação PRF-MG

 

Os agentes identificaram o veículo transitando pela BR-381, mas, ao perceber a aproximação das viaturas, o motorista tentou fugir em direção à Via Expressa de Contagem, também na Grande BH. Em certo momento, os dois ocupantes abandonaram o caminhão e seguiram em direção a um bairro, porém um deles foi alcançado e detido.

Dentro do veículo os policiais localizaram 6.228 pares de calçados. Segundo a PRF, o homem, de 33 anos, que foi preso, é procurado pela Justiça pelo crime de homicídio e possui diversas passagens criminais.

A carga, o veículo e o criminoso foram encaminhados para o Departamento Estadual de Investigação de Crimes Contra o Patrimônio (DEPATRI) da Polícia Civil na capital.

 

The post Nova Serrana: criminosos roubam carga de calçados avaliada em R$ 200 mil first appeared on Portal Amirt.

Postado originalmente por: Portal AMIRT

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!