fbpx
Pular para o conteúdo
  • Home
  • NORD Research
  • Finanças: Ação da Ambipar (AMBP3) sobe +127% em duas semanas. Vale a pena investir?

Finanças: Ação da Ambipar (AMBP3) sobe +127% em duas semanas. Vale a pena investir?

Image

O short squeeze é quando os investidores correm para desfazer as apostas de que determinada ação irá cair.

Eles precisam recomprar as ações, o que provoca um movimento de forte alta no papel.

Fonte: Bloomberg

Sim, no mercado financeiro é possível “vender sem ter” e apostar que uma ação cairá, o chamado “short” (o contrário da compra, o long).

O que é short? 

O melhor exemplo que já ouvi sobre o short do mercado financeiro é: Eu acho que o preço do carro irá cair.

Tendo isso em mente, alugo um carro na locadora, vendo-o e espero o preço cair. Depois, recompro o mesmo carro por um preço menor e o devolvo à locadora.

É claro que não é possível fazer isso com um carro (porque eles são únicos), mas é possível com ações, índices, futuros, commodities, etc.

AMBP3: Rentabilidade baixa e dívida pesada

A história é longa (e conheço-a de perto), mas vou tentar resumir o máximo possível.

A Ambipar (AMBP3) é uma empresa focada em captação de resíduos e emergências ambientais, que cresceu adquirindo empresas menores e criando um “ecossistema” de serviços.

Dada a sua experiência em regulação, risco e meio ambiente, a Ambipar funciona como um consultor para que as empresas gerenciem seus riscos (ambientais e de segurança).

Fonte: Bloomberg

A estratégia e os objetivos fazem todo o sentido, mas o problema foi a execução. Em um momento de juros altíssimos no Brasil, as “sinergias” entre as empresas adquiridas demoraram bastante a aparecer.

O cross-sell entre os diversos braços da AMBP deixou a desejar, a rentabilidade caiu e a dívida subiu demais, roubando o lucro dos acionistas.

E, é claro, os juros do Brasil, a Selic, tiveram uma queda bem menor do que todos esperavam.

As cotações seguem resultados

Devido à dívida elevada e à rentabilidade baixa, os lucros de Ambipar caíram. Como você sabe, as cotações seguem os resultados.

Fonte: Bloomberg

Até que, repentinamente, mesmo com os lucros ainda caindo, as ações decidiram subir.

O que será que aconteceu?

O maior short squeeze da história?

Sabe aquela máxima do mercado que diz que está subindo porque há mais compradores do que vendedores? Exatamente.

Fonte: Bloomberg

Alguém está comprando Ambipar, muita ação AMBP3. Se somarmos o volume (super concentrado) de compra no Santander, Itaú e Banco Master, teremos, aproximadamente, 10% da empresa.

Considerando o volume de compras, imaginamos que o controlador da empresa esteja “defendendo” o papel.

Valorização de +127% em duas semanas

A Ambipar (AMBP3) foi uma das empresas mais shorteadas na Bolsa brasileira e o volume de compras fez as ações subirem forte desde o último dia 17 de junho.

As compras puxaram a demanda pelo aluguel (para shortear) e o custo do aluguel saiu de 9% para 79% ao ano.

Fonte: Bloomberg

Ambipar (AMBP3) vale a pena?

Não estamos especulando. Compramos boas empresas com bons resultados a longo prazo.

No ANTI-Trader, tínhamos uma posição pequena em Ambipar e a desfizemos dela logo no início do movimento de alta.

Eu gosto muito de Ambipar, mas a execução da empresa tem deixado a desejar.

Após dois guidances de redução de dívida que não funcionaram (eram fracos demais), a empresa anunciou um novo contrato com a Heineken. Conduto, este contrato é pequeno, apenas 15% da receita de Environment (metade da receita total) em três anos.

Foi uma ótima oportunidade para sairmos de AMBP3 e buscarmos empresas com lucros crescentes, dívida reduzida, rentabilidade elevada e, é claro, preço baixo.

Tomara que os resultados da Ambipar melhorem rapidamente e justifiquem o movimento, mas, até o momento, não parece ser o caso.

Além disso, o cenário econômico no Brasil (com gastos públicos elevados, juros altos e dólar subindo) não está fácil. Tenha muito cuidado com o seu patrimônio.

Ataque e defesa em duas séries com 35% de desconto

No ANTI-Trader + Global Pass, estamos mais próximos dos assinantes, acalmando e discutindo os problemas e o cenário que se apresenta.

Reduzimos a alocação em empresas mais endividadas e compramos empresas com lucros crescendo de forma saudável.

Nos posicionamos na bolsa americana, mas aproveitamos as quedas para voltar a comprar empresas na Bolsa brasileira. Recentemente, PRIO (PRIO3) abaixo de R$ 40 foi um presente.

No Nord Global, por sua vez, compramos empresas fora do radar do mercado, o que nos trouxe ótimos resultados. Dessa maneira, continuamos a superar o nosso benchmark lá fora, o S&P500. Mais um presente para a proteção do vosso rico dinheirinho.

Serão tempos difíceis. Tempos em que fortunas serão perdidas. Tempos em que fortunas serão formadas.

Liberando seu acesso no link abaixo, você terá direito a 35% de desconto na sua assinatura.

Cuide muito bem do seu patrimônio. Conte conosco.

Postado originalmente por: Nord Research

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x