Publicidade

Rascunhos da Vida

Rascunhos da Vida: Viscoso, mas nojento.

Postado em 24/06/2020 6:00

Eu odeio coisas nojentas, pegajosas e grudentas. Minha filha adora as tais “slimes” (pra mim é uma “amoeba” feita em casa), e já insistiu muitas vezes para eu brincar com ela, mas eu não consigo. Pra mim aquilo é nojento, grudento e pegajoso.

João 13.3-9

Retirado do Site: https://pt.freeimages.com/photo/incoming-butterfly-1396345

Há muitos anos eu levantei um “pau podre” (tronco de árvore em decomposição) e embaixo dele retirei muita minhoca. Mas encontrei um “bicho” estranho parecido com um verme só que bem grande. Era gelatinoso e bem molhado. Resolvi tocar nele.

Que sensação nojenta. Foi me dando uma ânsia de vômito e quanto mais eu pensava mais nojo sentia. Peguei um sabão de coco (na minha mochila sempre tinha, linha, anzol, chumbada, sabão de coco, fósforos, álcool, agulha, corda e meu querido facão) corri no ribeirão que estava perto e comecei a lavar as mãos.

Lavei uma, duas, três, inúmeras vezes até ferir entre os dedos. Quanto mais eu me lavava mais sujo eu sentia. Voltei ao “pau podre” e coloquei no mesmo lugar. Voltei ao ribeirão e lavei novamente as mãos (ainda me achava sujo), passei álcool e a sensação continuava (só que agora estava doendo). Fui para casa, pois desisti de pescar. Tomei um banho, troquei de roupa, sentei na cama e li esse texto na Bíblia. Meu coração abrandou, e consegui descansar minha mente.

O valente, prepotente e impiedoso Pedro afirma em forma de pergunta: “O Senhor quer lavar mais pés?”. Jesus diz a ele “agora você não entende, mas entenderá”. Pedro se posiciona “nunca me lavarás os pés”. Jesus afirma “se eu não te lavar não tens parte comigo”. Então Simão afirma “lava então os pés, mãos e cabeça”.

Jesus estava advertindo a Pedro de que quando desobedecemos a sua palavra nos distanciamos do seu Senhorio. Com isso o renunciamos como Senhor de nossa vida. Ele enfatiza que quem é lavado espiritualmente pode desfrutar das bênçãos de um andar íntimo e pessoal com Ele. Reitera que essa purificação não depende de nós. É fruto tão somente do Senhor.

Pense nisso, você não pode ser purificado por suas próprias forças e por sua vontade, mas pode ser limpo pelo sangue de Cristo, verdadeiro Cordeiro de Deus que tira os pecados do mundo.

Um grande abraço.
Nos eternos e fraternos laços do amor de Cristo.

Rodrigo Fonseca Andrade
Um servo que reconhece não poder purificar a si mesmo, sem o sacrifício de Cristo Jesus.

Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

<
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
Autor do blog: Rodrigo Fonseca Andrade

Rodrigo Fonseca Andrade é um microempreendedor, teólogo e professor de línguas clássicas (Grego Koinê e Hebraico Massorético). Casado com Sílvia e pai de João Victor e Isabelle. Com formação em Tecnologia, Meio Ambiente e Teologia. Tem como objetivo principal tornar o conhecimento teológico simples e abrangente. Sendo assim demonstra através de fatos da vida como Deus é soberano e dirige nossa história pessoal. Neste blog você lerá, lembrará e se identificará com muitos dos fatos bíblicos exemplificados de forma simples e objetiva.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!