Publicidade

Rascunhos da Vida

Rascunhos da Vida: Tratando as emoções…

Postado em 01/12/2020 6:00

Adoro pipoca e desenho! Sinto um prazer muito grande em sentar com minha família e assistir um filme infantil, ou uma comédia sem duplo sentido. O por a mão no balde de pipocas e o rir faz parte do momento.

Salmo 126

Rascunhos da Vida: https://www.freeimages.com/pt/photo/self-portrait-3-1436567

O desenho Divertidamente me faz refletir como é precioso um equilíbrio das nossas emoções. Não podemos viver sem uma delas, ou eximi-la de apresentar-se, pois elas são necessárias a nossa sobrevivência. Adoro a “Nojinho” do desenho, é ela que tem as reações mais inesperadas, incluindo repulsa de coisas que nunca experimentou. Por sua vez a curiosidade do “Medo” é muito latente, e andam juntas, ao mesmo tempo em que é curioso, é também temeroso dos acontecimentos.

A “Tristeza” que sempre é tida como desprezível pela “Alegria” é necessária ao nosso aprendizado. É importante para assegurar que estamos equilibrados na nossa luta interna para sobreviver neste mundo e neste processo de sobrevivência tentar agradar e glorificar a Deus em todos os momentos.

A tristeza nos leva a reflexões. Reflexões sobre nossa existência, nosso propósito, sobre o amor de Deus por nós, nossos passos e decisões. É interessante como o salmista relaciona o ato da dor, do cansaço, das lágrimas do semear à abundância da colheita produzida pelas mãos do Senhor. Isso nos faz lembrar que apesar das lutas há esperança. Que mesmo na dor podemos ter o amparo e sentir a mão de Deus que não nos abandona. Pelo contrário, está sempre presente, disposta a nos auxiliar, nos orientar, nos fortalecer.

Na nossa vida todas as emoções e sentimentos tem um propósito. Não podemos retirar uma delas e viver de forma balanceada, pelo contrário a ausência de qualquer uma delas nos leva ao total desequilíbrio mental, físico e espiritual. O medo é necessário para nos conservar vivos e não nos permitir ser imprudente com a própria vida. A tristeza é responsável por nos mostrar que nem tudo está no nosso controle e que necessitamos depender de Deus regendo nossa vida, mesmo em situações desagradáveis. Os gostos pessoais muitas vezes precisam ser lapidados, ou transformados, e isso é notório na vida de um adolescente quando muda seu paladar quase que diariamente. A alegria por sua vez deve estar alicerçada naquilo que nos traz esperança, que nos motiva a viver, que nos incentiva a glorificar o nome de Deus até nas lágrimas derramadas.

Pense nisso, e não tente tirar as emoções e sensações da sua vida, mas tente equilibra-las através daquilo que Deus deixou em suas mãos como ferramentas para você sobreviver neste mundo mau.

Um grande e forte abraço!
Nos eternos laços do amor de Cristo!

Rodrigo Fonseca Andrade
Um servo que equilibra sua vida em Cristo, e vez por outra perde as medidas.

Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

<
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
Autor do blog: Rodrigo Andrade

Rodrigo Fonseca Andrade é um microempreendedor, teólogo e professor de línguas clássicas (Grego Koinê e Hebraico Massorético). Casado com Sílvia e pai de João Victor e Isabelle. Com formação em Tecnologia, Meio Ambiente e Teologia. Tem como objetivo principal tornar o conhecimento teológico simples e abrangente. Sendo assim demonstra através de fatos da vida como Deus é soberano e dirige nossa história pessoal. Neste blog você lerá, lembrará e se identificará com muitos dos fatos bíblicos exemplificados de forma simples e objetiva.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!