Rascunhos da Vida

Rascunhos da Vida: Queria ser Palhaço

Postado em 30/06/2020 6:00

Qual sonho você tem para o seu futuro? Quando criança o que você desejava no coração um dia poder ser? Médico, advogado, pastor, professor, pedreiro, caminhoneiro, vendedor, bancário, artista, etc. Todos nós sonhamos com uma profissão, com um trabalho digno e que traga benefícios para nossa vida.

Eclesiastes 2

Retirado do site: https://www.pexels.com/pt-br/foto/amontoado-ao-ar-livre-audiencia-celebracao-792766/

Minha mãe sempre nos preparou para irmos. Ela nunca nos ensinou a ficar debaixo de suas “asas”. Lembro-me que estava indo para o quinto ano (atualmente sexto, pois o pré-primário tornou-se primeiro) então ela me levou de ônibus até a escola que ficava em Santo Antônio do Monte (Samonte), me mostrou onde ficava a escola e assim depois me atribuiu liberdade e delegou tarefas.

Eu fazia o almoço, levava para meu pai, fazia meus deveres, revisava a matéria do dia anterior, tomava meu banho, me vestia e ia para o ponto de ônibus e daí para a escola. No primeiro dia de aula de português Dona Puríssima perguntou a cada um o nome e o que queria ser. Antônio Bolina Neto queria ser médico; Leonardo médico; Fabiano dentista; Wagner padre; apareceram ainda engenheiros, professores, advogados, agrimensor.

Quando chegou a minha vez, eu queria ser “PALHAÇO” (como o Bozo, Arrelia, e Pimentinha), foi um alvoroço só. Dona Puríssima controlou o reboliço com a frase “É um bom começo!”. Pena não ter conseguido me tornar um destes célebres “palhaços”.

Aí vejo Salomão dizendo não ter encontrado satisfação nem em todos os supostos desejos da vida. Na verdade ele não aprendeu a refrear seus desejos, no final da sua vida ele percebe que tão somente a satisfação dos seus desejos carnais não é proveitosa.

A vida deve ser usufruída ao máximo, mantendo nossos prazeres alinhados com nossa responsabilidade para com Deus. Por isso devemos trabalhar e planejar com diligência, reconhecendo a mão de Deus sobre nossa vida, tornando-nos bem-aventurados. Pois a chave para a satisfação é “fazer tudo para a glória de Deus” I Coríntios 10.31.

Pense nisso, as nossas realizações para com nosso Deus são um testemunho para o Seu nome, mas as ocasiões onde à carne não é restringida resultam em vergonha para a causa de Cristo.

Um grande abraço.
Nos eternos e fraternos laços do amor de Cristo.

Rodrigo Fonseca Andrade
Um servo que moldou seu sonho ao projeto de Deus

Veja também
<
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
Autor do blog: Rodrigo Fonseca Andrade

Rodrigo Fonseca Andrade é um microempreendedor, teólogo e professor de línguas clássicas (Grego Koinê e Hebraico Massorético). Casado com Sílvia e pai de João Victor e Isabelle. Com formação em Tecnologia, Meio Ambiente e Teologia. Tem como objetivo principal tornar o conhecimento teológico simples e abrangente. Sendo assim demonstra através de fatos da vida como Deus é soberano e dirige nossa história pessoal. Neste blog você lerá, lembrará e se identificará com muitos dos fatos bíblicos exemplificados de forma simples e objetiva.

error: Este conteúdo é protegido!