Publicidade

Rascunhos da Vida

Rascunhos da Vida: Qual a sua graça?

Postado em 16/11/2020 6:00

Expressões regionais são muito usadas para expressar determinados sentimentos ou atitudes. As expressões em desuso são também usadas ocasionalmente e isso coloca muita gente em dificuldade. Especialmente quando é uma expressão colocada num contexto onde pode ser aplicada de forma diferente.

II Timóteo 3.10-12

Retirado do Site: https://www.pexels.com/pt-br/foto/acordo-adquirir-adulto-aperto-de-mao-327540/

Fui convidado a pregar numa igreja, no culto de jovens e depois no culto a noite. Nesta data estava me visitando meu irmão caçula. Quando chegamos naquela igreja um irmão nos recepcionou a porta. Eu o cumprimentei e quando ele chegou perto do Douglas estendeu a mão e disse: “Qual a sua graça?”. Imagine aquela “cara de pastel” que de vez em quando desenvolvemos. Foi essa a cara que ele fez. Mas na mesma hora respondeu: “Jesus”, a minha graça é Jesus.

Neste momento precisei explicar que aquele irmão desejava saber o nome dele, que “qual a sua graça” é uma expressão antiga que significa “quem é você?”, ou “qual o seu nome?”. Então ele corrigiu a resposta: eu me chamo Douglas. Eu e Sílvia rimos muito e ele ficou bravo. Porque não me perguntou o nome de uma vez? Qual a sua graça? E eu sou velho pra saber essas coisas.

Algumas palavras e expressões caem em desuso, mas não deviam, pois tem uma significação tão bela. Ontem estávamos orando, lemos um texto bíblico e uma explicação sobre ele. Na explicação estava a palavra Anátema. Isabelle de “cara” já perguntou o que é anátema? Eu precisei explicar o significado da palavra naquele momento.

Não sei se você notou, mas usei a palavra “cara” com mais de um significado. Algumas palavras dependendo do contexto trazem mais significação ou peso. O apóstolo Paulo diz: “todos os que piamente (ευσεβως – devotamente, piamente, com compaixão) querem viver em Jesus sofrerão tribulações”. Quando temos compaixão pelas almas que estão morrendo sem esperança, quando pregamos a mensagem do arrependimento, quando mostramos o valor da esperança da volta de Cristo, muitas e muitas vezes passaremos por perseguições. Para Paulo viver devotamente é empenhar-se para fazer com que aqueles que vivem sem esperança possam se alegrar na presença do Senhor.

Pense nisso, mesmo que você seja perseguido, leve esperança, viva piamente, pregue o evangelho com sua vida e empenhe-se por trazer nova significação aos corações angustiados.

Um grande e forte abraço.
Nos eternos laços do amor de Cristo.

Rodrigo Fonseca Andrade
Um servo que tem aprendido o significado das palavras e dos atos.

Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

<
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
Autor do blog: Rodrigo Andrade

Rodrigo Fonseca Andrade é um microempreendedor, teólogo e professor de línguas clássicas (Grego Koinê e Hebraico Massorético). Casado com Sílvia e pai de João Victor e Isabelle. Com formação em Tecnologia, Meio Ambiente e Teologia. Tem como objetivo principal tornar o conhecimento teológico simples e abrangente. Sendo assim demonstra através de fatos da vida como Deus é soberano e dirige nossa história pessoal. Neste blog você lerá, lembrará e se identificará com muitos dos fatos bíblicos exemplificados de forma simples e objetiva.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!