Rascunhos da Vida

Rascunhos da Vida: Paz inesgotável

Postado em 26/11/2019 6:00

Nem todas as frases que lemos ou ouvimos estão totalmente corretas. Alguns ditos e frases populares podem nos induzir a pequenos erros que podem passar despercebidos. O que nós precisamos para nossa vida?

João 14.27

“O que precisamos é saúde. O resto a gente alcança”. É uma frase motivacional comum mas mentirosa. A intenção é dizer que temendo saúde é possível conquistar todas as coisas.

Foto de acervo pessoal

A Bíblia não possui relatos de que devemos orar para ter saúde (exceto em III João 2, quando João diz que ora pela prosperidade de Gaio e por sua saúde ser igual saúde e prosperidade da sua alma). Mas existem inúmeros relatos para que roguemos por paz.

Jesus nos diz que deixa sua paz (eirēnē, paz, quietude, repouso. Palavra derivada de eirô ligar-se, aderir, unir-e). Ou seja nos deixaria aderidos à quietude completa que há em seu nome. Um repouso tão grande que não pode acabar, é eterno e maravilhoso.

Jesus não nega que haja paz no mundo (kosmos cujo significado é mundo, ou mesmo habitantes da terra), mas confirma que não é plena e nem eterna.

Um drogado (seja por drogas lícitas ou ilegais) sente paz momentânea. Uma pessoa que prostitui-se ou adultera tem prazer e até paz momentânea. Muitas coisas podem trazer paz, mas quando acabam o seu efeito precisamos de mais. Mais droga, mais dinheiro, mais sexo, mais e mais.

No entanto, só precisamos de Cristo uma única vez em nosso coraçãozinho para que tenhamos paz real.

Por isso Ele diz “não se turbe” (tarassö, da qual vem agitar-se, incitar, dificultar, turvar) ou seja não agite, atormente, ou dificulte o agir da paz que Ele dá ao coração.

Muito menos se “atemorize” (deiliaö, intimidar-se, amedrontar-se) sendo assim não se intimide diante das dificuldades do dia a dia, dos desafios que estão por vir, defronte ás dores e problemas que esteja enfrentando. Apenas aceite a paz que Jesus pode dar.

Por isso vemos pessoas sem dinheiro, sexo, ou saúde gozando de paz real e plena. Pois aceitaram a paz que o Mestre nos oferece nele mesmo.

Pense nisso e rogue ao Senhor por plenitude de paz.

Fraternalmente, nos eternos laços do amor de Cristo.

Rodrigo Fonseca Andrade
Um servo que encontrou a paz inesgotável

Veja também
<
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
Autor do blog: Rodrigo Fonseca Andrade

Rodrigo Fonseca Andrade é um microempreendedor, teólogo e professor de línguas clássicas (Grego Koinê e Hebraico Massorético). Casado com Sílvia e pai de João Victor e Isabelle. Com formação em Tecnologia, Meio Ambiente e Teologia. Tem como objetivo principal tornar o conhecimento teológico simples e abrangente. Sendo assim demonstra através de fatos da vida como Deus é soberano e dirige nossa história pessoal. Neste blog você lerá, lembrará e se identificará com muitos dos fatos bíblicos exemplificados de forma simples e objetiva.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: Este conteúdo é protegido!