Publicidade

Rascunhos da Vida

Rascunhos da Vida: Palavras da moda.

Postado em 05/08/2020 6:00

Muitas palavras entram e saem de moda. No Twitter a moda agora é colocar AWARDS em coisas que você deseja procurar ou “Twittar”. É preciso muito cuidado, pois algumas palavras tem sentido ambíguo e podem revelar coisas que você não gostaria de ver.

II Samuel 12.1-6

Retirado do Site: https://pt.freeimages.com/photo/toxic-1502708

Outra palavra na moda é o vocábulo TÓXICA. Uma pessoa tóxica, um relacionamento tóxico, um trabalho tóxico. E olha que quando olhamos nosso colega de trabalho o “Aurélio” nós vemos que algo tóxico é algo que envenena. Algo que produz alterações físicas e psíquicas adversas, sendo nocivo ao organismo podendo gerar mudanças de comportamento e ou dependência.

É interessante o peso desta palavra, pois remete a alguém ou algo que modifica nossa vida de uma forma prejudicial. Uma influência para o mal, uma estimulação para prejudicar o outro, algo desagradável. Precisamos evitar companhias tóxicas, elas corrompem nossos valores, nos fazem achar normal a perversão, o pecado, o mal e o mau (tanto com “u” quanto com “l”).

Há muitos anos precisei pedir demissão de um emprego. Apesar de meu patrão ser uma pessoa maravilhosa, ele tinha o hábito de falar muito palavrão. A cada dez palavras uma era tóxica para minha alma. Com o passar dos meses, eu me vi falando um deles quando um motorista me fechou numa das ruas da cidade em que eu estava. E não foi um palavrão bobinho, corriqueiro. Foi uma grosseria, obscena e deselegante que se minha mãe ouvisse gastaria um pacote de sabão de Ipê lavando minha boca. Eu vi que mesmo não tendo o hábito de fazer tal coisa estava me contaminando, estava me tornando intoxicado com convivência daquele vocabulário esdrúxulo.

Davi foi intoxicado pelo poder, por ouvir provavelmente as histórias de traições ou casos diversos de outras pessoas. Foi intoxicado por ter olhado e apreciado, ao invés de desviar seu olhar daquilo que estava prejudicando sua vida. Desejou a companheira do outro, conseguiu seduzi-la, e planejou a morte de alguém leal. Tudo porque deixou que a toxina do mal alastrasse dentro dele.

Nenhum de nós está isento, ou eximo de pecar, de cair, de fazer o que mau aos olhos de Deus. Mas podemos evitar algumas coisas, entre elas pessoas e hábitos. Se você não consegue estar no meio de outras pessoas sem ser contaminado, procure estar entre aqueles que edificam sua vida. E se não consegue acessar um site sem desviar seu olhar para o obsceno, evite acessar o mesmo. Portanto se não consegue deixar de ouvir fofocas, intrigas e aquilo que não edifique sua vida. Faça o seguinte apenas abandone quem atrai essas palavras de forma audível a seus ouvidos.

Pense comigo, tirar uma toxina do corpo é muito mais complicado do que não permitir que ela entre. Para remover o veneno de alguém afetado por ele muitas vezes é preciso fazer até uma hemodiálise. Para evitar algo tão profundo basta não ter contato com o que é tóxico. Evite a palavra da moda. Evite o Tóxico.

Um grande e forte abraço!
Nos eternos e edificantes laços do amor de Cristo.

Rodrigo Fonseca Andrade
Um servo que evita que toxinas entrem no corpo e na alma.

Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

<
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
Autor do blog: Rodrigo Fonseca Andrade

Rodrigo Fonseca Andrade é um microempreendedor, teólogo e professor de línguas clássicas (Grego Koinê e Hebraico Massorético). Casado com Sílvia e pai de João Victor e Isabelle. Com formação em Tecnologia, Meio Ambiente e Teologia. Tem como objetivo principal tornar o conhecimento teológico simples e abrangente. Sendo assim demonstra através de fatos da vida como Deus é soberano e dirige nossa história pessoal. Neste blog você lerá, lembrará e se identificará com muitos dos fatos bíblicos exemplificados de forma simples e objetiva.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!