Publicidade

Rascunhos da Vida

Rascunhos da Vida: O Tucutano e o Majacurá.

Postado em 10/04/2021 6:00

Trava línguas são muito populares, especialmente quando no processo de alfabetização. Eles têm inúmeras funções, auxiliar no raciocínio lógico, controlar a verbalização, desenvolver a memória, entre outros.

Lucas 11.49-54

Rascunhos da Vida: https://www.freeimages.com/pt/photo/toucan-birds-1404084

Gosto muito de brincar com os meus filhos, e uma das brincadeiras que adoro fazer é dizer coisas erradas para que eles me corrijam (hoje está perdendo a graça, pois a mais nova já tem dez anos). Então eu falava: Olha que lindo tucutano, esperando Isabelle me corrigir. Pai não é tucutano, é tucano. Dizia eu vamos tomar um suco de majacurá? Não existe suco de majacurá, existe de maracujá. E por assim ia minhas brincadeiras com as crianças.

Advertisement

Há alguns dias a Sarinha (da igreja onde somos membros) foi passar o dia lá em casa, passei na sorveteria e comprei sorvete napolitano, chocomenta e de maracujá. A Sarah é muito desenvolvida na sua fala, bem expressiva. Então na hora de servir eu fiz a pergunta: Você quer sorvete de majacurá? Ela ficou pensando e disse é maracujá. Novamente eu insisti, toma um pouquinho de sorvete de majacurá. Majacurá é muito bom. O sorvete de majacurá fica ótimo com chocomenta. Nisso ela soltou: Eu não vou querer sorvete de majacurá… aí, você está dando um nó na minha cabeça. Eu não vou querer sorvete de maracujá.

Os doutores da Lei (homens capazes de decorar todas as nuanças e mínimos detalhes das Sagradas Escrituras, mas incapazes de cumpri-la nos mínimos requisitos internos) tentavam pegar Jesus em suas palavras. Tentavam colocar culpabilidade naquilo que Cristo falava e na forma que interpretava corretamente a Lei e os Profetas. No entanto não conseguiam, pois Cristo não se deixava enganar, não falava apenas algo externo, mas falava o que conhecia, e acima de tudo o que praticava.

Por mais que pressionassem a Jesus, nada conseguiam fazer que o pudessem acusar, não havia nele falha alguma, não existia nele nenhum tipo de mentira, falsidade ou erro oculto. Pelo contrário, havia verdade, conhecimento, direção e vida. Jesus não apenas falava, ele vivia. Não apenas interpretava, demonstrava de forma prática através de sua vida. Não era um mero pregador, era o transmissor de uma mensagem de direcionamento, exatidão, e esperança. Por isso Ele declara: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida”.

Pense nisso, e não permita que ninguém vos engane com palavras vãs, com mentiras vestidas de nova roupagem, com falsidades baseadas em fragmentos das Escrituras, mas busque o conhecimento nos próprios Escritos Sagrados, e peça a Deus que lhe dê condições de interpretá-los conforme a vontade Dele e não de acordo com os seus próprios desejos.

Um grande e forte abraço!
Nos eternos laços do amor de Cristo!

Rodrigo Fonseca Andrade
Um servo que nunca inverte o sentido das palavras de Cristo.

Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

<
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
Autor do blog: Rodrigo Andrade

Rodrigo Fonseca Andrade é um microempreendedor, teólogo e professor de línguas clássicas (Grego Koinê e Hebraico Massorético). Casado com Sílvia e pai de João Victor e Isabelle. Com formação em Tecnologia, Meio Ambiente e Teologia. Tem como objetivo principal tornar o conhecimento teológico simples e abrangente. Sendo assim demonstra através de fatos da vida como Deus é soberano e dirige nossa história pessoal. Neste blog você lerá, lembrará e se identificará com muitos dos fatos bíblicos exemplificados de forma simples e objetiva.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!