Publicidade

Rascunhos da Vida

Rascunhos da Vida: O Paiol.

Postado em 06/11/2020 6:00

Quando somos criança temos fantasias que nunca serão realizadas, pois são totalmente fictícias. Por sua vez algumas dessas ideias inovadoras podem se tornar realidade. Ainda crianças nós temos desejos que são premiados imediatamente e outros que podem ser prorrogados para uma premiação posterior.

Filipenses 3.13,14

Foto de arquivo pessoal.

O paiol do vô Benevides era local de diversão, tarefas e responsabilidades. Segundo o vovô as espigas com poucos milhos deveriam ser jogadas aos porcos com palha e tudo. As espigas boas deveriam ser colocadas no balaio para serem debulhadas para uso com as galinhas. E as espigas de milho de pipoca, que eram caracterizadas pelos grãos pontiagudos, e que muitas vezes espetavam nossos dedos, deveriam ser amarradas pelas palhas nos ganchos no alto do paiol.

Essas espigas especificamente deveriam ser usadas para o lanche que faríamos regados por um suco de “laranjinha de molho” que só a vó Lia sabia fazer. E assim procedíamos, cavando túneis entre os milhos, fazendo esconderijos para as brincadeiras de esconde-esconde e finalizando as tarefas que recebíamos. Milhos para os porcos, milhos para as galinhas, pipocas para os meninos. Entre nossa fantasia e nossa realidade havia um limiar de brincadeiras e responsabilidades, com prêmios imediatos e prêmios posteriores.

Para muitos as promessas da Bíblia são fantasiosas, fictícias e não passam de contos humanos. Para os servos de Deus e aqueles que confiam em suas promessas elas são reais, e passíveis de serem cumpridas a qualquer momento. A premiação não será dada agora, mas sabemos que ela é certa, que acontecerá em tempo oportuno. Pois, como as espigas de pipoca que ficavam amarradas, sendo perceptíveis aos olhos, assim são as promessas de Deus para seus filhos.

Pense comigo, nossa vida é cheia de momentos num paiol gigante. Nele você tem períodos de diversão, de fantasias, de sonhos, projetos. Mas também têm tarefas, responsabilidades a serem cumpridas. Algumas delas terão recompensa imediata, outras serão dadas em tempo oportuno pelo Senhor. O que não podemos fazer é desistir de prosseguir para o alvo, mesmo que este pareça distante. Mesmo que não tenhamos a recompensa imediata, pois é certo que no momento oportuno o Senhor julgará a todos e premiará os seus eleitos com o galardão celestial.

Portanto não desista! Sonhe, acredite, se divirta, faça o que precisa ser feito, seja responsável e cumpridor das suas tarefas, pois não sabemos quando a recompensa virá, mas temos a certeza de que ela é verdadeira.

Um grande e forte abraço!
Nos fraternos laços do amor de Cristo.

Rodrigo Fonseca Andrade
Um servo que no paiol da vida brinca, sonha, trabalha e tenta cumprir seu dever, pois tem certeza da recompensa em Cristo nosso Mestre.

Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

<
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
Autor do blog: Rodrigo Andrade

Rodrigo Fonseca Andrade é um microempreendedor, teólogo e professor de línguas clássicas (Grego Koinê e Hebraico Massorético). Casado com Sílvia e pai de João Victor e Isabelle. Com formação em Tecnologia, Meio Ambiente e Teologia. Tem como objetivo principal tornar o conhecimento teológico simples e abrangente. Sendo assim demonstra através de fatos da vida como Deus é soberano e dirige nossa história pessoal. Neste blog você lerá, lembrará e se identificará com muitos dos fatos bíblicos exemplificados de forma simples e objetiva.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!