Rascunhos da Vida

Rascunhos da Vida: Lute, seja ágil, seja forte, não desista, valorize…

Postado em 01/06/2020 6:00

Não desista, vá para cima, observe os pontos fracos, reveja os movimentos, use a força do oponente. Utilize agilidade do oponente, aproxime-se dos que tem velocidade com as pernas, distancie-se dos hábeis com as mãos. Eram frases que eu ouvia todos os dias durante o treinamento no Karatê.

Gálatas 5

Retirado do arquivo pessoal de um grande amigo e Sensei.

No Karatê o professor é chamado de “Mestre” ou “Sensei”, o significado tem o sentido de alguém que ensina em família. Um professor familiar, alguém que faz parte do contexto da casa e que tem a incumbência de transmitir um conhecimento de foro íntimo. É muito parecido com a palavra “Senpai” que tem a conotação de um ancião ou perito que ensina uma profissão, a leitura e escrita, a arte, ou a sobrevivência. É um título que é atrelado a pessoa em questão. Mesmo quando ela não é mais (por se aposentar, ou por algum tipo de invalidez) continua sendo quem ela é.

Os japoneses não abandonam seus professores e os distinguem em todos os momentos. Numa demonstração de técnicas marciais mesmo que o “mestre” não tenha mais o mesmo vigor, e a mesma velocidade de sua mocidade ele é respeitado pelas raízes sólidas das técnicas adquiridas e transmitidas.

Visão diferente no ocidente onde nossos mestres já aposentados, ou invalidados por algum motivo são desprezados ou abandonados por não serem mais produtivos numa cadeia capitalista. Onde quem não produz fonte de riqueza é considerado inútil e desprezível, ao ponto de ter atendimento negligenciado para ser deixado à deriva da aproximação da morte numa pandemia. Como vimos em países que foram duramente atingidos por uma enfermidade atual que é sem precedentes nas últimas décadas.

Paulo diz aos irmãos da Galácia, “Confio em vós, no Senhor, que de outro modo não haveis de pensar”. O que ele dizia é “eu confio na condução do Espírito Santo para lhes conceder sabedoria para que seus passos e suas decisões sejam sempre bem orientados”. É como se ele dissesse “vá em frente, não desista, permaneça firme, confie no Senhor, não abandone sua fé. Mas confiai no Senhor e na grandeza do seu poder, permita que o Senhor seja por você e que Ele oriente seu viver segundo o que já aprendestes com vossos mestres”.

Pense comigo, não abandone os que lutaram por nós, que nos ensinaram, verteram suor para nos trazer conhecimento e reforçar aptidões. Não se abata num momento tão doloroso, não desista. Peça ao Deus Onipotente para abrir seus olhos e lhe conceder sabedoria, força, persistência e determinação.

Valorize seus “mestres” ou se preferir “Sensei” de forma que eles continuem transmitindo conhecimento. Sendo úteis como pilares de uma sociedade onde todos são importantes e que o valor do dinheiro não sustenta a vida, mas o cuidado mútuo transforma, fortalece e anima. Portanto confie ao Senhor sua vida e suas ações!

Um grande e forte abraço!
Nos eternos laços do amor de Cristo.

Rodrigo Fonseca Andrade
Um servo que tem muitos “Sensei” ainda vivos, e acima de tudo é regido pelo “Mestre dos mestres”.

Veja também
<
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
Autor do blog: Rodrigo Fonseca Andrade

Rodrigo Fonseca Andrade é um microempreendedor, teólogo e professor de línguas clássicas (Grego Koinê e Hebraico Massorético). Casado com Sílvia e pai de João Victor e Isabelle. Com formação em Tecnologia, Meio Ambiente e Teologia. Tem como objetivo principal tornar o conhecimento teológico simples e abrangente. Sendo assim demonstra através de fatos da vida como Deus é soberano e dirige nossa história pessoal. Neste blog você lerá, lembrará e se identificará com muitos dos fatos bíblicos exemplificados de forma simples e objetiva.

error: Este conteúdo é protegido!