Rascunhos da Vida: Irritabilidade vs Bênçãos - Portal MPA

Publicidade

Rascunhos da Vida

Rascunhos da Vida: Irritabilidade vs Bênçãos

Postado em 23/11/2021 6:00

Você já experimentou perder algo por causa de uma atitude sua? Seja um emprego, um namoro, um brinquedo, qualquer outra coisa ou oportunidade?

Salmo 95

Retirado do site: https://www.freeimages.com/pt/photo/rage-3-1238664

Papai veio trazer o leite na cooperativa, vieram com ele, Deco, Higino, e eu. Na cooperativa eu e o Deco dividimos um “bandejão” na hora do almoço. Achava o máximo um pratão com tudo dividido, salada (só eu comia), arroz, feijão, carne, macarrão e uma banana ou maçã. A cooperativa era muito grande e tinha um viveiro cheio de pássaros que papai deixava ficarmos olhando eles (acho que era uma forma de nos fazer ficar quietos).

Eu gostava de colocar minhas mãos do cano gelado que havia na parede, tinha dias que dava até uma casquinha de gelo. Fui alertado que o de cima era muito, muito quente e por isso não poderia por as mãos nele. Sempre depois de descarregar o leite fazíamos uma nova carga com sal, farelo de trigo, e outros produtos que seriam distribuídos para os produtores que solicitaram. Mas existiam alguns produtos que não eram vendidos lá e precisavam ser comprados na Casa Prata, ou numa distribuidora na rua Goiás com Rua Espírito Santo (se não me engano a distribuidora do Isauro).

Quando chegávamos neste último citado, papai sempre me dizia: “fique sentadinho na escada, que quando terminarmos vamos comprar um salgadinho no supermercado BBB”. Eu sempre ficava quietinho, “não aluía” o meu pé nem para dar passagem para quem ia subir a escada. Mas naquele dia estava comigo o Deco. E ele começou a me “cutucar”, a me empurrar na parede, eu falava para parar e não adiantava. Dizia papai está vindo, fica quieto. E isso foi até eu ficar com raiva, sair do lugar, ele vir atrás de mim, e eu ir para mais longe.

Neste instante quando eu estava fora da escada meu pai chegou e o Deco correu. Levei aquela bronca por estar fora da escada e perdi o salgadinho. Papai foi no supermercado comprou para o Deco e não me deu. Na verdade ele tinha comprado para mim, para o Deco e pro Leo, mas havia escondido para não perder a lição. Eu fiquei chateado, não era minha culpa, mas fui alertado, não foi intencional, mas havia uma punição (e o pior de tudo era o Deco fazendo “figa” comendo os salgadinhos bem devagarzinho na minha frente).

Deus se irritou com o coração duro e ruim daquele povo, e isso fez com que perdessem a bênção de entrar na terra prometida. Toda uma geração foi punida, até alguns que talvez tivessem outra intensão. A irritabilidade do nosso coração e a falta de paciência, fé e amor cancelam muitas das bênçãos do Senhor sobre nós.

Se o Senhor prometeu, Ele cumprirá, pois é Fiel a Ele e suas promessas. Ele é justo, galardoa, mas também penaliza. Ele perdoa, mas também culpa. Mas nós em nossa infidelidade, muitas e muitas vezes acabamos perdendo as bênçãos do Altíssimo porque tomamos atitudes impensadas, ou mesmo ficamos irritadinhos e nervosinhos e com isso acabamos punidos por nossas atitudes. Pense nisso, confie no Senhor e busque achar-se aprovado no dia da sua chamada.

Um grande e forte abraço.
Nos fraternos e maravilhosos laços do amor de Cristo.

Rodrigo Fonseca Andrade
Um servo que não se irrita mais na escada.

Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

<
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
Autor do blog: Rodrigo Andrade

Rodrigo Fonseca Andrade é um microempreendedor, teólogo e professor de línguas clássicas (Grego Koinê e Hebraico Massorético). Casado com Sílvia e pai de João Victor e Isabelle. Com formação em Tecnologia, Meio Ambiente e Teologia. Tem como objetivo principal tornar o conhecimento teológico simples e abrangente. Sendo assim demonstra através de fatos da vida como Deus é soberano e dirige nossa história pessoal. Neste blog você lerá, lembrará e se identificará com muitos dos fatos bíblicos exemplificados de forma simples e objetiva.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade