Publicidade

Rascunhos da Vida

Rascunhos da Vida: Experimente…

Postado em 18/05/2021 6:00

Você já experimentou algo diferente? Ou como diz o bom mineiro você já “provô” pizza de abobrinha, sorvete ou doce de jiló, pastel de carne de sol, carne de rã, quem sabe scargot (aquela cara lesminha francesa), ou ostra com limão? Se não tente experimentar, seus sentidos parecem que serão enganados.

Marcos 8.22-26

Retirado do Site: https://pt.freeimages.com/photo/chinese-soup-1530049

Bem de todas estas “iguarias” a última que eu provei foi pizza de abobrinha, algo realmente delicioso. Scargot não é ruim, mas não gastaria nem um centavo a fim de comprar, no entanto não negaria um convite para comer. Sorvete de jiló você pode comprar numa sorveteria exótica e artesanal na estrada real para Vitória, ou o doce de jiló produzido em Araxá. Quem sabe uma ostra com limão em plena praia carioca ou capixaba?

Advertisement

Nossa percepção é formada por nossas experiências ocasionadas pelos sentidos, no entanto não podemos confiar plenamente neles. Talvez nossa visão nos pregue peças e nos induza a acreditar que algo não é bom ou gostoso apenas por assimilar o gosto a aparência, ou mesmo o sabor a um gosto já experimentado. É como o doce de jiló, quem já comeu o fruto do jiloeiro e não gostou com certeza irá recusar comer do doce ou do sorvete. No entanto podemos ser verdadeiramente surpreendidos com o gosto de tais produtos.

Jesus faz um milagre em duas etapas com aquele cego de Betsaída. Primeiro cospe em seus olhos, e pede para que ele diga o que vê: “estou vendo os homens; porque como árvores os vejo andando”. Afirmo a você que imediatamente ele viu. No entanto, ele não tinha a percepção do que via, ele não sabia como eram homens e mulheres, não conhecia cores, não compreendia distâncias e medidas de profundidade, não havia associação entre visão e os outros sentidos. Um passo poderia ser muito curto ou longo, o estender das mãos desastroso, ele precisaria aprender a confiar em seu novo sentido e agora associar o sentido a nova percepção.

Jesus impôs as mãos novamente e restaurou sua percepção. Imediatamente Cristo atribuiu os sons ao visual, o olfato as formas e cores, os movimentos aos objetos, sejam eles em movimento ou inertes, vivos ou mortos. Reestabeleceu memórias olfativas, auditivas, táteis ligando-as ao novo sentido adquirido. Até que aquele cego situasse o local onde ele estava com suas memórias espaciais, ou as pessoas amadas ao som de suas vozes e o tocar de suas peles demoraria muito, muito tempo. Mas Jesus o faz imediatamente, pois era necessária a experimentação de uma nova dimensão por aquele homem restaurado.

Pense comigo, o que você precisa ter restaurado neste dia? O que desejas experimentar ao qual nunca fez? Quem sabe precisa experimentar oferecer ou receber o perdão? Ou mesmo precisa submeter-se a experiência de transformação de atitudes errôneas, passando a comportar-se de forma adequada? Quem sabe você precisa ter reestabelecido o sentido de que o fim nunca justifica os meios? Tome uma atitude, confie no Senhor e permita a Ele restaurar, ou fazer você experimentar algo que nunca experimentou.

Um grande e forte abraço!
Nos eternos laços do amor de Cristo.

Rodrigo Fonseca Andrade
Um servo que experimenta aquilo que é lícito a fim aprender o que é bom.

P.S.: Aceito convites para experimentar coisas diferentes (exceto algo que tenha sardinha, pois já sei que tenho alergia, ou algo que fira minha fé).

Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

<
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
Autor do blog: Rodrigo Andrade

Rodrigo Fonseca Andrade é um microempreendedor, teólogo e professor de línguas clássicas (Grego Koinê e Hebraico Massorético). Casado com Sílvia e pai de João Victor e Isabelle. Com formação em Tecnologia, Meio Ambiente e Teologia. Tem como objetivo principal tornar o conhecimento teológico simples e abrangente. Sendo assim demonstra através de fatos da vida como Deus é soberano e dirige nossa história pessoal. Neste blog você lerá, lembrará e se identificará com muitos dos fatos bíblicos exemplificados de forma simples e objetiva.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!