Rascunhos da Vida

Rascunhos da Vida: Dentes brancos e estômago vazio

Postado em 02/03/2020 6:00

“Por isso também vos dei limpeza de dentes em todas as vossas cidades, e falta de pão em todos os vossos lugares; contudo não vos convertestes a mim, diz o Senhor.” Amós 4.6

Retirado do Site: https://pt.freeimages.com/photo/indigenous-people-1433450

Há muitos anos atrás compreendi o significado de um destes versículos ao conversar com um mendigo (na verdade um andarilho) que me pediu comida. Segundo ele, fazia três dias que não comia. Comprei um cachorro-quente e um suco para ele.

Antes de comer notei que seus dedos estavam imundos, a sua barba estava engordurada e empoeirada, cabelos desgrenhados, e os seus dentes mais limpos e brilhantes que os meus.

Depois de comer o cachorro-quente (numa velocidade impressionante) ele me pediu outro. Comprei para ele, mas como não tinha dinheiro para outro suco ele tomou o resto que sobrara.

Agora comia de forma lenta, e conversava comigo enquanto eu esperava o ônibus para Divinópolis fora da rodoviária de Belo Horizonte. Os dedos, a barba e os cabelos continuavam iguais, mas os dentes estavam sujos como se não estivessem sido limpos à dias.

O povo de Israel recebeu “limpeza e dentes” (niqqāyôn – limpeza, pureza, brancura, inocência) uma expressão idiomática que significa estômago vazio ou nada para comer. Recebeu também perda nas colheitas, sequidão da terra, mortes, pestes, guerras e inúmeras assolações, mas não se converteu ao Senhor seu Deus.

Ou seja, não se voltaram para Deus. Eles preferiram a dor, a lamúria, o abafamento do coração à liberdade do perdão e amor de Deus. Que em sua infinita bondade cuida de seus servos através das situações da vida. Nem sempre a dor atraiu alguém para Deus. A afirmação “se não vem por amor, vem pela dor” é falsa.

Só vamos a Deus pelo reconhecimento. Reconhecimento de que somos pecadores e nada, absolutamente nada que fizermos pode conquistar a salvação. Pois ela é comprada e adquirida pelo único sacrifício de Cristo na Cruz. Pense nisso, e reconheça que você (como eu) precisa de Deus.

Um grande abraço!
Nos eternos e fraternos laços do amor de Cristo.

Rodrigo Fonseca Andrade
Um servo que reconheceu sua incapacidade para salvar-se e buscou em Cristo o caminho para Deus.

Veja também
<
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
Autor do blog: Rodrigo Fonseca Andrade

Rodrigo Fonseca Andrade é um microempreendedor, teólogo e professor de línguas clássicas (Grego Koinê e Hebraico Massorético). Casado com Sílvia e pai de João Victor e Isabelle. Com formação em Tecnologia, Meio Ambiente e Teologia. Tem como objetivo principal tornar o conhecimento teológico simples e abrangente. Sendo assim demonstra através de fatos da vida como Deus é soberano e dirige nossa história pessoal. Neste blog você lerá, lembrará e se identificará com muitos dos fatos bíblicos exemplificados de forma simples e objetiva.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: Este conteúdo é protegido!