Rascunhos da Vida

Rascunhos da Vida: Conversávamos no fogão a lenha.

Postado em 17/12/2019 6:00

Que saudade da infância. Dos momentos de prosa, riso e verso. Da colher de madeira na panela de feijão. Da carne de lata e o garfo na cordinha. Fogão a lenha….

Gênesis 18.1-16

Infelizmente um lugar precioso na casa dos mineiros está se perdendo, o fogão a lenha. Sim, para os moradores das “Minas Gerais” o fogão a lenha é um lugar.

Retirado do site: https://pt.freeimages.com/photo/fire-28-1183644

Lugar de ensino, encontro, boa prosa, e comida saborosa.

Minha avó “Lia” era uma “Master Chef” de “mão cheia”. Como era delicioso sentar ao lado da lenha do fogão e esperar aquele biscoito de polvilho quentinho assado na hora. Tirar da panela com um garfo aquele pedaço de “carne de lata” prontinho para comer. Fritar uma linguiça, daquelas penduradas sobre o fogão que eram defumadas naturalmente e comer com aquele feijão batido que só ela sabia fazer.

Vez por outra ouvíamos ensinos, piadas e tarefas eram distribuídas. Escutava-se “causos“, acontecimentos, choro, pranto e riso. Tudo naquele lugar, o “fogão a lenha“.

“Onde está Sara sua mulher?” foi a pergunta do Senhor a Abraão. “Ei-la, aí está na tenda” (sempre imaginei perto do fogão a lenha). Houve então uma promessa e um riso.

Um riso que demonstra nossa fragilidade e dificuldade em crer no sobrenatural, nas promessas que não podem ser quebradas pois estão firmadas sobre as palavras de quem atesta todas as coisas por si só.

A promessa de Deus nunca volta a trás. Ele prometeu aos seus filhos que nunca os abandonaria e de fato o faz. Prometeu paz e verdadeiramente concedeu aos seus filhos, mesmo em meio a lutas, mesmo em meio a dor, mesmo perante as tribulações.

Cabe a nós apenas alegrarmos e apegarmos às suas promessas, sabendo que de fato são reais e serão estabelecidas sobre nossa vida. Pense nisso. Mesmo que você se sinta abandonado ou a promessa esteja distante da sua razão natural ela vai se cumprir.

Fraternalmente, nos eternos laços do amor de Cristo.

Rodrigo Fonseca Andrade
Um servo que mesmo diante do choro e do riso nunca desviou seus olhos das promessas de Deus.

Veja também
<
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
Autor do blog: Rodrigo Fonseca Andrade

Rodrigo Fonseca Andrade é um microempreendedor, teólogo e professor de línguas clássicas (Grego Koinê e Hebraico Massorético). Casado com Sílvia e pai de João Victor e Isabelle. Com formação em Tecnologia, Meio Ambiente e Teologia. Tem como objetivo principal tornar o conhecimento teológico simples e abrangente. Sendo assim demonstra através de fatos da vida como Deus é soberano e dirige nossa história pessoal. Neste blog você lerá, lembrará e se identificará com muitos dos fatos bíblicos exemplificados de forma simples e objetiva.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: Este conteúdo é protegido!