Rascunhos da Vida: Castelos de Areia - Portal MPA

Publicidade

Rascunhos da Vida

Rascunhos da Vida: Castelos de Areia

Postado em 26/10/2021 6:00

Criança não é um adulto em miniatura, mas um ser com pensamentos, necessidades, foco e atitudes relacionadas à sua faixa etária.

Salmo 127.1

Retirado do Site: https://www.pexels.com/pt-br/foto/praia-litoral-construcao-predio-8623434/

E uma das necessidades de uma criança é brincar. O desenvolvimento lúdico é algo muito natural e especial. Podemos dizer que uma criança privada desta necessidade tem alguns problemas da mesma forma como quando privada do alimento, da proteção, do amor, do respeito.

Quando criança eu aproveitei todos os momentos desta fase. Sonhava em não envelhecer, em viver criança permanentemente, pois sendo criança não teria as preocupações inexplicáveis dos adultos. Porque se preocupar com o que comer se nas matas têm bananas, laranjas, peras, goiabas, peixes, e outros tipos de alimentos? Qual a necessidade de se preocupar com gás se existem fogões a lenha? Para qual motivo devo me preocupar com roupas novas se as antigas inda me cabem (mesmo que a canela fique exposta)?

Para mim o adulto se preocupava demais, quando na verdade deveria aproveitar tudo o que o Senhor havia criado. Deveria usufruir das dádivas do Deus Altíssimo para todo o homem. Então eu usava meu tempo para estudar, brincar e jogar videogame (Atari e Master System). Minhas brincadeiras incluíam passeios pelo mato, aventuras nos rios, riachos, lagos e cachoeiras da cidade.

Nas idas e vindas ao rio uma das coisas que eu adorava fazer eram castelos de areia. Com a mão cheia de areia e com ela bem úmida via o magnifico gotejar da areia por entre os dedos que eram depositados uma sobre a outra até formar torres, uma mais linda que a outra. Era uma pena que quando alguém esbarrava neles os castelos ruíam, e de um dia para o outro até o vento derrubava suas torres.

Com o passar do tempo eu descobri algo: descobri se o castelo tivesse uma armação por baixo ele sobreviveria por mais tempo, e a única coisa que eu precisava fazer era retoca-lo no outro dia. Quando existe uma estrutura por baixo dos castelos, dos sonhos e dos projetos, não importa os ataques do vento, ou a intervenção humana, eles permaneceram em pé, talvez apenas precisem refazer ou retocar os projetos.

Segundo o salmista o importante em todos os nossos projetos é quem está por trás de toda a estrutura. É quem faz com que o projeto permaneça em pé, ou esteja seguro. E este que mantém os projetos e estruturas em pé e em segurança é Deus. Sem o Senhor, nada permanecerá. Sem o cuidado de Deus talvez eu não suporte as intempéries da vida. Não tendo o agir do sobrenatural de Deus sobre nossa vida, com certeza não teremos como sobreviver diante das dificuldades.

É claro que o Senhor deseja de nós uma atitude como uma criança, confiante na provisão Dele. Mas Ele também deseja que sejamos responsáveis por cada um dos nossos passos, e que confiantemente possamos agir crendo que Ele sim é a estrutura que fará com que os nossos castelos não vem ruir. Pense nisso, e coloque o Senhor como a estrutura dos seus castelos.

Um grande e fortíssimo abraço!
Nos eternos laços do amor de Cristo.

Rodrigo Fonseca Andrade
Um servo que constrói castelos de areia com uma estrutura para fortalecer mesmo que precisem de reparos.

Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

<
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
Autor do blog: Rodrigo Andrade

Rodrigo Fonseca Andrade é um microempreendedor, teólogo e professor de línguas clássicas (Grego Koinê e Hebraico Massorético). Casado com Sílvia e pai de João Victor e Isabelle. Com formação em Tecnologia, Meio Ambiente e Teologia. Tem como objetivo principal tornar o conhecimento teológico simples e abrangente. Sendo assim demonstra através de fatos da vida como Deus é soberano e dirige nossa história pessoal. Neste blog você lerá, lembrará e se identificará com muitos dos fatos bíblicos exemplificados de forma simples e objetiva.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade