Publicidade

Rascunhos da Vida

Rascunhos da Vida: Aprenda a confiar, mesmo diante da aflição

Postado em 22/11/2019 6:00

Algumas palavras tem significado negativo dependendo do contexto. Muitas vezes passamos por aflições, dificuldades, medos e até ansiedade. O que podemos fazer para aliviar a carga? Como confiar na vitória ou solução dos problemas mesmo quando estamos diante da aflição?

Jó 30.25-31

Línguas orientais são difíceis de se aprender pois a entonação, velocidade e pausas na pronúncia de inúmeras palavras alteram por completo o seu sentido.

Um amigo meu que é responsável por grandes negociações de parcerias e investimentos da China aqui no Brasil disse que começou a aprender “mandarim” e para tornar a negociação mais amigável saudou seus anfitriões com uma frase bem decorada. Após proferir a frase imediatamente o intérprete teve que intervir pois a entonação numa palavra fez com que a frase cortês se tornasse um insulto. Depois disso sempre optou por falar em inglês e até abandonou o curso de “mandarim”.

Duas palavras em em hebraico dragões e avestruzes são citados na bíblia quase sempre juntos. Como se andassem lado a lado. São traduzidos assim sempre lado a lado. A palavra dragões (“tannîn” ou “tannîm“) também possa ser traduzida por monstro, serpente, chacal, baleia, crocodilo. Sendo assim como baleia, e crocodilos não andam, sobram serpente (que pode ser comida por avestruz) então em outras palavras quem anda junto são os dragões e avestruzes.

Retirado do site: https://pt.freeimages.com/photo/dragon-ball-1056445

Dragões são símbolos de algo ruim, negativo, desprezível e avestruzes de algo abominável a Deus, profano ou inútil.

O que Jó queria mesmo ressaltar é que a sua vida estava totalmente assolada, destroçada, desmotivada. Para ele ser irmão de dragões e avestruzes é ter uma afinidade inigualável com o pior de toda esta terra e consequentemente ser desprezível por completo aos olhos de Deus.

“O meu íntimo ferve e não está quieto” (Jó 30.27) ou seja quando a aflição é grande demais, quando a dor é muito forte o nosso coração se agita e incomoda e não nos permite descansar.

Mas ao depositar nossa confiança na grandeza do amor de Deus aquietamos nosso coração pois aprendemos como o apóstolo Paulo que “todas as coisas cooperam para o bem dos que amam a Deus” Romanos 8.28.

Não permita que as aflições do dia-a-dia ocultem a grandeza do amor de Deus. Pense nisso.22

Um grande abraço!
Nos eternos e fraternos laços do amor de Cristo.

Rodrigo Fonseca Andrade
Um servo que apesar das aflições aprendeu a confiar no amor de Deus.

Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

<
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
Autor do blog: Rodrigo Andrade

Rodrigo Fonseca Andrade é um microempreendedor, teólogo e professor de línguas clássicas (Grego Koinê e Hebraico Massorético). Casado com Sílvia e pai de João Victor e Isabelle. Com formação em Tecnologia, Meio Ambiente e Teologia. Tem como objetivo principal tornar o conhecimento teológico simples e abrangente. Sendo assim demonstra através de fatos da vida como Deus é soberano e dirige nossa história pessoal. Neste blog você lerá, lembrará e se identificará com muitos dos fatos bíblicos exemplificados de forma simples e objetiva.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!