Publicidade

Rascunhos da Vida

Rascunhos da Vida: A nascente

Postado em 20/12/2020 6:00

Nas minhas andanças pelos morros, vales, leitos de rios, lagoas e planícies eu descobri uma série de coisas. Aprendi muito pela observação. Descobri muito mais pelos meus erros. Firmei conceitos e valores através as vivências geradas pelos momentos de nossa vida.

Salmo 78.16

Retirado do Site: https://www.freeimages.com/pt/photo/forest-creek-1523536

Andando pelo mato descobri uma nascente. Era uma mina d’água cuja vasão não passava de um balde de água. Mas conforme eu descia o morro percebia que ela crescia se transformava num charco, depois se uniu a uma segunda tão pequena quanto ela. E foi descendo até desembocar no Rio Indaiá. Conversei com vô Benevides sobre isso, e ele me disse que precisava plantar “sangra d’água” no local para aumentar a água da bica.

Advertisement

Ele me levou até um brejo, arrancou várias mudas daquela planta com folhas no formato de coração e me deu junto com uma enxadinha e disse para plantar do lado na mina, tomando cuidado para não pisar nela. Eram umas dez mudinhas, fiz isso. Depois de muito tempo voltei naquele local e já era difícil o acesso, pois as mudinhas haviam crescido e multiplicado. A vazão da água havia aumentado e a nascente estava mais bonita.

Um rio não nasce grande. Mas ao unir-se a outros, e se sua nascente for bem cuidada a sua foz será abundante. Na nossa vida não é diferente. Precisamos cuidar da nossa nascente, ou seja, de onde procede nossa força e vigor. Precisamos uns dos outros para poder caminhar, cada um com seu formato, com sua capacidade, com seu potencial.

O importante é fazer o melhor para ajudar a quem nos cerca e também estar disposto a servir com o coração e a alma. Quando você cuida de sua vida espiritual, com certeza o Senhor lhe dará condições de contribuir para o crescimento do outro. Da mesma maneira que Ele nos permitirá colaborar para que os que nos cercam cresçam e produzam frutos de amor, alegria e paz.

Pense nisso, você não é um rio sozinho. Mas pode ser uma nascente, que quando bem tratada e unida a outras tenha capacidade de suprir as necessidades e demandas de muitas e muitas pessoas. Então siga em frente esforçando-se para fazer o seu melhor ajudando aos que necessitam.

Um grande e forte abraço!
Nos fraternos laços do amor do Mestre Jesus.

Rodrigo Fonseca Andrade
Um servo que não passa de um pequeno olho d’água.

Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

<
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
Autor do blog: Rodrigo Andrade

Rodrigo Fonseca Andrade é um microempreendedor, teólogo e professor de línguas clássicas (Grego Koinê e Hebraico Massorético). Casado com Sílvia e pai de João Victor e Isabelle. Com formação em Tecnologia, Meio Ambiente e Teologia. Tem como objetivo principal tornar o conhecimento teológico simples e abrangente. Sendo assim demonstra através de fatos da vida como Deus é soberano e dirige nossa história pessoal. Neste blog você lerá, lembrará e se identificará com muitos dos fatos bíblicos exemplificados de forma simples e objetiva.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!