NORD Research

Finanças: Itaúsa: A Melhor Ação da Bolsa

Postado em 04/09/2019 16:00

Itaú (ITUB4) e, sua holding controladora, Itaúsa (ITSA4) fizeram ontem seu evento anual com investidores.

Nós, claro, pegamos nossos caderninhos e fomos entender melhor o que o banco tem na manga para combater a ameaça dos bancos digitais.

E, como 97 por cento dos lucros da holding Itaúsa vem do banco Itaú, o banco é sempre nosso foco.

Sincericídio?

Mas, ao invés de frases de efeito e lacração, o banco foi bastante sóbrio, humilde.

Em um mundo de promessas impossíveis, a gestão do banco procurou ser apenas honesta.

Segundo a lenda viva, Roberto Setubal (o Bob), “Se as condições do mercado estão mudando e a capacidade do banco de gerar valor diminuindo, o ROE inevitavelmente deve cair”.

O ROE é o Retorno sobre o Patrimônio (Return on Equity). É a melhor maneira de analisarmos se o banco gera valor para seus acionistas.

Fonte: Itaú.

A linha de cima é o ROE (retorno) e a de baixo é o custo de capital – aqui o banco é extremamente conservador e exige, de si mesmo, retornos elevadíssimos.

Fica claro no gráfico acima como o banco gera valor para seu acionista, todos os anos – com crise, sem crise, com juros altos ou baixos, com chuva, com sol, …

Com bancos digitais?

A corrida já começou

O Itaú tem dinheiro, tem capacidade, tem gestão, tem gente, tem processo, tem cultura.

O Itaú tem milhões de clientes. E o Itaú tem petabytes de dados (muitos dados).

A capacidade do banco de gerar valor ficou comprovada nas décadas de enorme rentabilidade que gerou para seu acionista.

Mas o jogo mudou.

Fonte: Itaú.

As barreiras de entrada para os serviços financeiros caíram com as novas ferramentas digitais.

E começou a corrida – Itaú precisa mudar mais rapidamente do que os banquinhos digitais consigam escala para se financiar.

Foco no cliente

Participar de uma apresentação de Itaú, hoje em dia, é como estar no Vale do Silício.

Pouco se escuta de rating de crédito, Basiléia e Provisão para Devedores Duvidosos.

As novas expressões são NPS Score, Big Data e Cloud.

O Itaú foi estudar nos EUA (com o JP Morgan) como funcionar em um mundo novo.

A resposta do banco é simples.

Fonte: Itaú.

O Itaú virou a Amazon – o cliente no centro de tudo.

Afinal, o cliente satisfeito gera 10x mais valor para o banco que o cliente insatisfeito.

Cultura de humildade

O que mais gostei na apresentação de Itaú foi a posição de humildade do banco.

Humildade para reconhecer que deve mudar. Que precisa mudar.

E a mudança começa na cultura da empresa. Começa de cima. Começa do topo.

Fonte: Itaú.

Toda a apresentação do Itaú mudou.

O jogo, agora, está em mudar o restante do banco.

Competindo com os melhores do mundo

O Itaú não compete mais com os grandes bancos brasileiros. O Itaú não compete apenas com os banquinhos digitais.

O Itaú compete com as melhores empresas do mundo.

Resolver um problema no app do Itaú deverá ser mais fácil que resolver um problema no app do Uber.

Este é o desafio.

Pontuação NPS. Fonte: Itaú.

E o banco já vem batendo suas metas – melhorando a experiência de seu usuário.

Os clientes do banco já vem aprovando as mudanças.

A ameaça não existe

Veja bem, a ameaça dos bancos digitais ainda não existe.

Não existente no Brasil. Não existe nos EUA.

Nos EUA, os bancões utilizam os meios digitais para gerar (ainda) mais valor para seus acionistas.

Os bancões americanos usam a internet para reduzir custos e aumentar receitas – como faz o Itaú por aqui.

ROE JP Morgan e Bank of America. Fonte: Bloomberg.

A rentabilidade (ROE) dos grandes bancos americanos continua crescendo saudavelmente.

Mesmo no meio Vale do Silício, a ameaça dos bancos digitais fica apenas na imaginação dos millennials.

A melhor ação da bolsa

É normal ter medo. Os riscos sempre existirão.

E é, justamente, o medo de perder sua dominância que move o Itaú a se reinventar.

O que define se vale a pena correr riscos é a possibilidade de retorno.

A probabilidade de ganho. O Grande, Excelentíssimo Preço.

E Itaúsa, com uma enorme oportunidade de sair vencedora desta briga digital, negocia a míseros 10x lucros.

Itaúsa Preço/Lucro (branco) e lucro líquido (verde). Fonte: Bloomberg.

Itaúsa negocia a 10x lucros enormes e crescentes.

Itaúsa é tão barata, e gera tanto caixa, que pagou mais de 10 por cento de dividendos, nos últimos 12 meses.

Itaúsa Dividend yield. Fonte: Itaúsa.

A 10x lucros, Itaúsa é a melhor ação da bolsa.

A 10x lucros, Itaúsa é a primeira do ranking do Investidor de Valor.

Em observância à ICVM 598, declaro que as recomendações constantes no presente relatório de análise refletem única e exclusivamente minhas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente e autônoma.

Postado originalmente por: Nord Research

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
Autor do blog: Nord Research

RECOMENDAÇÕES DE INVESTIMENTO COM RESULTADOS COMPROVADOS
A geração de riqueza para nossos assinantes é o nosso compromisso primordial. Somos uma casa de análise independente formada por profissionais com ampla experiência de mercado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com