Finanças: Está tudo caindo - Portal MPA

Publicidade

Finanças: Está tudo caindo

Postado em 22/01/2022 10:00

Olá, pessoal! Eu sou o Luiz Pedro, responsável pelo Nord Crypto Master, a carteira de criptoativos da Nord.

O mercado de criptoativos renova mais um ciclo e enche de preocupação os corações (e os estômagos) dos novos investidores.

Estou aqui, hoje e agora, para tranquilizá-los e dar um “passo a passo” de como sobreviver a um bear market em cripto.

Mar calmo não faz bom marinheiro

Não é o meu primeiro bear market em cripto. Aprendi da forma mais árdua como tomar as melhores decisões em cripto durante um período de quedas.

Tentei passar os ensinamentos que obtinha, trabalhando com cripto em 2018 e 2019 (quando tudo estava caindo), para meus amigos próximos e familiares que tinham criptoativos em posse.

Alguns seguiram e me agradecem até hoje. Alguns não deram ouvidos e vivem com a dor dos erros cometidos.

Tenho um amigo próximo que tinha cerca de 3 ETH em 2018. Ele comprou bem barato, próximo a 180 dólares. O ETH chegou a 92 dólares alguns meses depois e ele zerou a posição, mesmo com a minha veemente contraindicação. Hoje, após duras quedas no mês de janeiro, o ETH ainda está acima dos 2.800 dólares.

Enfim, a questão é: eu tive a sorte e o privilégio de trabalhar com cripto, sendo remunerado para estudar o mercado enquanto tudo desmoronava ao meu redor.

Hoje, tenho um privilégio ainda maior: ter colhido esses aprendizados e ter a oportunidade de ajudá-los a não cometer grandes erros durante o período de quedas.

Vamos então desenhar aqui um passo a passo para tirar o melhor proveito desses momentos que, apesar de ruins no curto prazo, são ótimos para plantar as sementes e colher grandes frutos no futuro.

Nunca esteja sobre-exposto ao mercado cripto

Enquanto o mercado todo sobe, é muito tentador fazer grandes aportes, tomando riscos descabidos.

Essa atitude é um erro perigosíssimo, tanto no bull market (quando tudo está às mil maravilhas) quanto no bear market.

É muito importante estipular quantos por cento dos seus aportes irão para a sua carteira de cripto.

Eu, particularmente, destino 10 por cento dos meus aportes mensais a cripto. Lembrem-se de que eu vivo esse mercado 24/7 e tenho 5 anos de experiência. Mais do que isso vai te tirar boas noites de sono.

É sempre bom aproveitar as quedas. Mas não se esqueça que você pode estar tentando pegar a faca enquanto ela está caindo. Não faça aportes descabidos em momentos de queda. Atenha-se à sua alocação percentual e seja disciplinado.

Por falar em disciplina, vamos ao próximo passo!

Postado originalmente por: Nord Research