Publicidade

NORD Research

Finanças: ANFAVEA: Novas estimativas para 2020

Postado em 08/10/2020 12:00

A ANFAVEA (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores) divulgou os dados do setor automotivo referentes ao mês de setembro e suas novas estimativas para 2020. Mais uma vez, o destaque positivo é o segmento de caminhões, enquanto o negativo é o de ônibus. O panorama por categoria ficou assim:

Leves/Comerciaisleves: as vendas tiveram queda de -11,6 por cento em relação a setembro/2019 e uma recuperação de +13,3 por cento na comparação mensal – no acumulado do ano, os volumes caíram -32,3 por cento. A produção apresentou queda de -11,0 por cento na comparação anual e +4,4 por cento em relação a agosto/20, acumulando queda de -41,1 por cento no ano de 2020.

Apesar de bons níveis de venda e produção, considerando o cenário da Covid-19, a racionalização dos estoques continua (e deve se manter assim por mais algum tempo) em função do patamar da demanda e das restrições de capital de giro das companhias. Em dias de estoque, setembro ficou em 20 dias, enquanto o considerado normal para a indústria é ~35 dias de venda.

Caminhões: as vendas tiveram queda de -19,6 por cento em relação a setembro/2019 e -9,5 por cento na comparação mensal – no acumulado do ano, os volumes caíram -15,4 por cento. A produção apresentou queda de -9,4 por cento na comparação anual e +28,9 por cento em relação a agosto/20, acumulando queda de -33,3 por cento no ano de 2020.

Enquanto o patamar de vendas parece estar mais próximo do nível normal, uma vez que os meses anteriores parecem ter sido puxados por uma demanda reprimida, a produção ainda tenta atender à demanda, apesar das dificuldades em relação aos insumos e ao ritmo de produção, ambos ainda impactados pela pandemia.

Ônibus: as vendas tiveram queda de -29,0 por cento em relação a setembro/2019 e -17,6 por cento na comparação mensal – no acumulado do ano, os volumes caíram -34,4 por cento. A produção apresentou queda de -18,8 por cento na comparação anual, e crescimento de +14,3 por cento em relação a agosto/20, acumulando queda de -34,6 por cento no ano de 2020.

O cenário continua bastante desafiador, uma vez que a demanda recente de ônibus tem sido sustentada por entregas de licitações feitas em anos anteriores pelo programa Caminho da Escola, enquanto a produção está basicamente respondendo a essa demanda.

A ANFAVEA apresentou novas projeções para a produção, venda e exportação em 2020, com uma leve melhora em relação aos números anteriores.

Estimativa de vendas e produção de veículos

Fonte: ANFAVEA

Olhando para frente, a entidade acredita que o processo de recuperação dos volumes da indústria para os níveis de 2019 será longo (3-4 anos). Ainda, essa retomada depende de muitas variáveis, não apenas do mercado interno, mas também da dinâmica global. Tomando como base as recuperações que a indústria teve na crise passada, espera-se um ritmo de crescimento anual de produção em torno de 11 por cento.

Postado originalmente por: Nord Research

Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

<
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
Autor do blog: Nord Research

RECOMENDAÇÕES DE INVESTIMENTO COM RESULTADOS COMPROVADOS
A geração de riqueza para nossos assinantes é o nosso compromisso primordial. Somos uma casa de análise independente formada por profissionais com ampla experiência de mercado.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!