Publicidade

NORD Research

Finanças: A ansiedade por resultados

Postado em 18/10/2020 10:00

Self Control

Você pode não saber, mas escrever estas breves linhas é uma batalha semanal. Não me entenda mal, faço com o maior prazer e dedicação.

Entendo este espaço como uma forma de, na medida do possível, ajudar as pessoas a investirem um pouco melhor.

É o meu compromisso com você e espero conseguir isso. Esta semana, ao vasculhar a minha mente por algo que valha estes preciosos minutos, lembrei de um experimento que vi sobre autocontrole.

Calma, não farei um texto de autoajuda. Fique comigo, valerá a pena no final.

Vamos começar com este experimento.

Imagine que eu te desse a seguinte escolha: metade de uma caixa de chocolate hoje ou uma caixa inteira na semana que vem? Pense que é aquele Lindt maravilhoso ou a sua comida favorita.

E aí, o que você prefere? Não se engane.

Gráfico mostra relação entre desejo agora e na próxima semana (agora: chocolate menor; na próxima semana: chocolate maior).

Intuitivamente, tenho quase certeza de que, se eu estivesse na sua frente com essa oferta, você preferiria se esbaldar em chocolate hoje, mesmo que fosse em menor quantidade.

Esse estudo é do economista Dan Ariely e, apesar de simples, demonstra o fato de não possuirmos nenhum autocontrole.

Parece que somos programados para viver somente o presente, com um futuro valendo tão pouco que não valha a pena esperar.

Em investimentos, ter esse tipo de racional leva muitos de nós a tomarmos decisões que são péssimas para o nosso patrimônio.

A ansiedade por resultados

É verdade que isso é um comportamento intrínseco a nós, mas os avanços tecnológicos e a globalização deixaram o nosso imediatismo pior.

Hoje temos tudo de forma quase instantânea. A Netflix acabou com a espera para assistir um filme que você queria ver, o Rappi permite que você coma o que quiser em minutos e com alguns cliques.

Em mercadorias, a Amazon realiza a façanha de entregar compras feitas online em um dia útil! Em outros casos, mesmo que venha do outro lado do mundo, você tem o seu produto em 15 dias.

É algo realmente impressionante!

Agora, quando o sujeito chega na Bolsa de Valores, muita gente espera o mesmo comportamento:  fazer grandes resultados de forma instantânea. É como se enriquecer fosse on demand, exatamente como na TV a cabo…

É aqui que muitos caem nas graças dos vendedores de sonho. Eles lhe prometem exatamente o que você quer ouvir: uma forma rápida, fácil e sem esforços para ganhar dinheiro.

É muito tentador isso. Quem não gostaria de ter as chaves para a tal fórmula mágica de imprimir dinheiro?

Gif de Leonardo DiCaprio jogando dinheiro ao mar.

Quem está no mercado há mais tempo sabe que a realidade não poderia ser mais distante disso.

Investir em Ações é trocar um pouco do presente pelos resultados maiores no futuro. Em nosso exemplo inicial, seria esperar mais uma semana e ganhar a outra metade da caixa de chocolate.

O problema é que isso frustra a maioria das pessoas. A falta de resultados de curto prazo deixa as pessoas ansiosas, passando a buscar soluções criativas para “acelerar” o processo.

Afinal de contas, queremos degustar o prazer do dinheiro hoje, não daqui a 20 anos, mesmo sabendo que o segundo caminho é o que mais gerou milionários e bilionários no Brasil.

A questão é: como controlar esse impulso para a tentação? Como podemos treinar a nossa mente para nos alinharmos a isso?

Tenho uma ideia.

Contrato de Ulisses

Para quem gosta de história antiga, já deve ter lido aquele livro Odisseia. Nele, é retratado um dos mitos mais famosos que eu conheço: o de Ulisses e as sereias.

Se você não é muito familiarizado, conto brevemente. A história narra, entre outras coisas, o retorno do guerreiro Ulisses para casa após a guerra de Tróia.

No meio do caminho, o herói é desafiado a passar pelo lugar onde ele avista a existência de sereias. Essas criaturas mitológicas seduzem e enlouquecem marinheiros, afogando-os nas profundezas do mar.

Ulisses, então, sabendo que seria tentado, desenvolve uma tática. Para não ser seduzido pelo canto, ele ordena a todos os marinheiros a bordo que passem cera no ouvido para ficarem imunes, como também pede que o amarrem a um mastro.

Imagem mostra pintura de Ulisses (amarrado ao mastro) e dos demais marinheiros passando pelas sereias. Acima da cabeça de Ulisses está escrito: "value investing" e acima da cabeça das sereias "curso fique rico rápido".

O resultado? Ele consegue sobreviver à situação, passar pelos rochedos e seguir viagem a caminho de casa.

Perceba o seguinte: ele sabia que seria tentado e desenvolveu uma maneira de ultrapassar aquilo.

O mesmo podemos aplicar para quando escutarmos essas promessas fantásticas de enriquecimento rápido.

A gente sabe que elas existem e não podemos mudar isso. Elas vão aparecer no YouTube e no Instagram para tentar convencê-lo a seguir o caminho mais fácil.

O ponto é: como criar um sistema que lhe previna de cair no canto das sereias? Façamos igual a Ulisses e os marinheiros.

Toda vez que você se deparar com uma propaganda dessas, execute os seguintes passos:

  1. Desligue o som imediatamente, não queira escutar.
  2. Assista a este vídeo do Peter Lynch falando sobre 8 princípios para investidores iniciantes.

Repita isso todas as vezes. Avistou algum picareta? Execute isso. Parece besteira, mas não é. Isso se chama Self Control contract, e ajudará você a resistir às tentações.

Agora, isso é um paliativo para ajudá-lo. A longo prazo, aproveite também para ler sobre esses grandes investidores.

Conheça a maneira como eles pensam e isso lhe tornará cada vez mais imune às picaretagens do mercado.

Afinal, lembre-se: o maior inimigo do seu enriquecimento é você mesmo.

O maior inimigo do seu enriquecimento é você

Sim, você é o seu maior inimigo.

Nossa tentação é buscar soluções mágicas e fáceis, que fazem a gente perder mais dinheiro nos mercados.

Foque no que é importante. Em vez de ficar vidrado no seu home broker, olhando cada dia quanto está o preço da sua Ação, vá ler um livro, uma série ou fazer um esporte.

Leia o relatório da Nord, estude o mercado de Ações.

Faça qualquer coisa, menos ficar olhando o seu home broker a cada 5 minutos.  Confie em mim, as empresas no mundo real  que representam aquelas Ações  não mudarão nesse período.

Foque no que realmente importa e seja feliz no longo prazo.

Um abraço,

Postado originalmente por: Nord Research

Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

<
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
Autor do blog: Nord Research

RECOMENDAÇÕES DE INVESTIMENTO COM RESULTADOS COMPROVADOS
A geração de riqueza para nossos assinantes é o nosso compromisso primordial. Somos uma casa de análise independente formada por profissionais com ampla experiência de mercado.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!