Publicidade

Blog do Gu Freitas

BLOG DO GU FREITAS — Cruzeiro: o nível de babaquice só aumenta

Postado em 18/02/2020 12:00

Wagner Pires de Sá, ex-presidente do Cruzeiro, protagonizou mais uma declaração de um nível estapafúrdio de babaquice.

Em vídeo que ‘viralizou’ nas redes sociais, o ex-presidente criticou o zagueiro Dedé pelo alto salário e o tempo que o atleta passou no departamento médico.

“Ele ganhou mais de R$ 50 milhões sem jogar”, disse Wagner, ao usar defensor como exemplo em crítica aos altos salários pagos no futebol brasileiro, mas não para só nisso.

Aparentemente, Wagner estava em um carro de transporte por aplicativo quando o motorista começou a “puxar” sua língua.

— Como que você pega um cara ganhando R$ 1 milhão? O Dedé ficou um ano e meio parado, ganhando R$ 800 mil. Claro (que continua recebendo mesmo lesionado), não para de ganhar. Não é igual INSS, que o cara fica doente e vai para o INSS ganhar salário mínimo. O time paga. Ele ganhou mais de R$ 50 milhões sem jogar.
Além dessas o ex-dirigente ainda proferiu mais idiotices: “E se for vender, não vende. Primeiro que ele é todo “f…”, não passa no exame médico. O futebol brasileiro é este” disse Wagner.

Assista o vídeo completo logo abaixo:

 

Despreparo para não dizer outra coisa pior

Como que uma pessoa desse nível chega a presidência de um dos maiores clubes do país? Essa é a pergunta que todo cruzeirense em algum momento já se fez. É tão inacreditável que parece piada.

Já não bastassem as inúmeras denúncias, o torcedor ainda tem que escutar ou ler declarações de um investigado por possíveis crimes cometidos como se ele ainda tivesse alguma ligação com o Cruzeiro.

O ex-presidente age como se ele não fizesse parte do pior momento da história do Cruzeiro e fica jogando a culpa nos seus aliados do passado. Além de investigado é covarde!

 

Nota oficial

O Cruzeiro em seu Instagram emitiu uma nota oficial sobre o assunto. Confira: 

View this post on Instagram

O presidente em exercício, José Dalai Rocha, e o Núcleo de Gestores que administra o Cruzeiro Esporte Clube vêm a público manifestar repúdio às declarações do ex-presidente Wagner Pires de Sá divulgadas nas redes sociais nesta segunda-feira, 17, sobre o atleta Dedé, em absoluta falta de respeito ao jogador que defende o Clube. ⠀ Obviamente, o ex-presidente, que renunciou ao cargo em dezembro, não fala em nome do Cruzeiro Esporte Clube. Além disso, a opinião por ele externada não tem nenhum respaldo médico, pois se Dedé está apto a jogar pelo Cruzeiro, pode atuar em qualquer clube do mundo.

A post shared by Cruzeiro Esporte Clube (@cruzeiro) on

Zagueiro Dedé

Por meio do Twitter, o assessor do zagueiro, Gustavo Henrique de Souza, disse que o jogador está chateado e se posicionará no momento certo:

“Dedé está chateado com as declarações do ex-presidente do Cruzeiro, porém tranquilo. No momento certo, o atleta vai se pronunciar, de forma clara e transparente, como sempre foi, sobre todos os assuntos relacionados ao clube que envolvem o nome dele.”

 

Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

<
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
Autor do blog: Gu Freitas

Publicitário e Especialista em Políticas Públicas. Amante da música, dos animais, do esporte, e principalmente, do futebol. Conversador de futebol na Minas FM e TV Candidés.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!