Publicidade

Blog do Leo Lasmar – “Garotada” do Atlético da resposta positiva à espera dos “titulares”.

Postado em 15/03/2021 13:15

O Atlético sobra no início do Mineiro, e é natural que o torcedor esteja ansioso para ver o time principal em ação. Se o “expressinho” tem 100% de aproveitamento até aqui e média de três gols por jogo, o que farão os titulares? A resposta dessa pergunta, porém, pode ser diferente (a longo prazo) de acordo com algumas atitudes tomadas agora. E a receita para que o Galo 2021 tenha sucesso nas competições que vai disputar passa, neste momento, por paciência.

Os jogadores titulares, aqueles que mais jogaram em 2020, voltaram a treinar apenas na última segunda-feira. Foram 10 dias de pausa, período que, apesar de curto, já exige uma readaptação física. A semana foi de treinos progressivos para eles, sem preocupação imediata com calendário de jogos, e de preparação mais intensa para o time alternativo quem tem jogado o Mineiro – mais uma vez, fez sua parte e venceu.

Advertisement

Esse equilíbrio entre início de Estadual (com time alternativo) e pré-temporada é perfeito, por uma série de motivos. Primeiro: os titulares podem se dar ao luxo de ter uma preparação mais longa, o que facilita o bom desempenho físico ao longo de 2021, que promete ter calendário apertado para o Galo. Para um atleta que será titular absoluto, ficar fora de cinco ou dez jogos no início de ano pode fazer pouca diferença agora, mas certamente fará muita diferença em dezembro.

Para os reservas (e garotos), também é excelente. Muitos serão peças importantes ao longo do ano. Podem ganhar vaga entre os titulares, ou ser muito utilizados saindo do banco. Ter um nível físico próximo dos 11 principais jogadores é potencializar as chances de sucesso entre eles. E ter “minutos” em campo neste início de temporada, ganhando ritmo de jogo, condicionamento físico e confiança (facilitada pelos adversários inferiores) é um grande atalho.

Há atletas que “flutuam” entre os dois grupos neste momento. São os recém-chegados. Alguns foram contratados com status de titulares (Nacho Fernández e Hulk, por exemplo), mas precisam aproveitar o Mineiro ao máximo para adquirir ritmo e agilizar a adaptação. O atacante já tem feito isso, e o meia argentino, deve começar em breve. Vargas, apesar de ter chegado em 2020, admitiu que pode jogar mais – Também entra no “bolo”.

Pensando em um todo, na preparação de um elenco, o planejamento do Atlético, até aqui, tem se mostrado perfeito. Contra o Patrocinense, mais uma vitória com autoridade do time alternativo, com atuações de destaque da dupla de zaga, de Dodô, de Zaracho (mais uma) e Dylan Borrero. Na frente, bom primeiro tempo de Hulk, bom segundo tempo de Marrony, gol importante de Vargas.

Enquanto o “expressinho” dá conta do recado, os titulares se preparam melhor para os desafios que vêm por aí. Esse roteiro de preparação tem tudo para fazer com que os grupos de atletas se encontrem, logo ali na frente, em condições ideais. Juntos, a missão de todos eles é fazer o Galo suprir as expectativas para o ano – que, com razão, são altas.

Por Guilherme Frossard – GE

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!