Publicidade

Blog Amor Exigente

Amor Exigente trabalha o tema “Tomada de Atitude”

Postado em 18/07/2020 8:00

Uma das medidas para se tomar atitudes é o seu grau de comprometimento. Você sabe que as coisas não estão bem e precisam melhorar. Você esta ciente de que, se não agir, nada vai mudar – ou se mudar, sem ação será para pior. Nada muda se você não mudar! Imagine um chuveiro pingando. Se você ficar parado, ele continuará gotejando. Poderá aumentar o vazamento, vai gastar água e aumentar a conta, poderá manchar o chão, mas sozinho não vai se consertar – é preciso alguma intervenção. O mesmo ocorre com comportamentos inadequados, sobretudo se eles têm origem em uso abusivo de álcool e/ou drogas.

Tomar atitudes e agir. Não adianta nada lamentar, choramingar ou ficar questionando como as coisas chegaram neste estágio. Imagine a policia deslocando para atender uma ocorrência. Eles não perdem tempo perguntando onde começou o problema, quantas pessoas estão envolvidas, quem é a vitima ou o culpado, onde trabalham os envolvidos. Nem vão ficar chorando com pena. Eles vão atender a ocorrência. Só depois disto é que virão os questionamentos.

Eles vão agir para sanar o problema de imediato: tomar uma atitude. E você também vai tomar uma atitude de ação. Ao tomar atitudes, possivelmente vai se estabelecer uma crise. Não se preocupe – a crise bem administrada abre caminho para mudanças. Se você tiver um grupo de apoio (como o Amor-Exigente) vai funcionar melhor.

Então, mais do que depressa você precisa agir. Chega de reagir. Chega de apoiar comportamentos inadequados, com os quais você não concorda. Chega de procurar explicações no passado. A partir de agora, vamos focar no comportamento. Claro que não aceitamos o uso abusivo de álcool e nem o uso das drogas ilícitas, mas vamos nos concentrar em tomar atitudes frente a comportamentos indesejados.
Quando tomamos atitude passamos a ser mais firmes. Vamos falar menos não. Mas quando falarmos não – significa não mesmo! Seu ente querido poderá seguir discutindo como sempre ocorria. Diga-lhe que seu ponto de vista está formado e você não vai mudar sua decisão. Seu dependente vai testá-lo para ver se realmente haverá consequências caso ele não cumpra.

Seja firme. Adolescentes e alguns “adultos” testam os limites, mas, com paciência e determinação você o fará ver que o comportamento dele vai determinar as consequências. Prepare-se para algumas explosões de raiva, ameaças de silêncio. Talvez você se sinta um mau pai ou má mãe. Não se confunda – agora é que você começou a caminhar para ser um bom pai, uma boa mãe, um bom filho!
Algumas sugestões de atitudes para mudanças poderiam ser:

– Estabeleça metas e comportamentos esperados que sejam realistas com a situação em sua casa hoje; Estabeleça uma meta, ainda que pequena, a ser atingida por semana; Abandone a visão poética de que o amor e a conversa vão solucionar o problema da dependência de substâncias; Só atitudes e ação vão dar certo! Pare de ter dó e compaixão; Pare de dar conselhos; Deixe de jogar o jogo da culpa, da manipulação, das desculpas esfarrapadas e das promessas não cumpridas.

Saiba que você vai enfrentar riscos e vale a pena enfrentá-los. Abra-se. Estabeleça relações com pessoas que têm problemas similares, escolha fazer algo que você considere certo, o que é bom para você e sua casa faça o que é certo para você. Mude suas atitudes – se antes chorava, passe a sorrir; se ficava sempre em casa, saia; se antes gritava, fale em tom baixo. Lembre-se: você é dono de sua vida e tem direito a prazeres e alegrias, você tem direito a crescer como ser humano, pois sabe tomar decisões.

 

Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

<
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
Autor do blog: Amor Exigente

E um canal destino a levar a mensagem de incentivo e reflexão proposta pelo grupo Amor Exigente.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!