Semusa Divinópolis explica sobre distribuição de insulina

Postado em 13/12/2016 17:02

A redação de jornalismo da Rádio Minas recebeu reclamações sobre falta de insulina na farmácia pública, em apuração a denuncia percebemos desinformação por parte dos usuários deste medicamento, ou até mesmo o fato de se confundir diante de um processo muito mais amplo.

O primeiro fato é que a insulina mais utilizada por diabéticos, a NPH Humana, está com a distribuição regularizada. Isso gerou a primeira desinformação, na verdade os pacientes que usam esse medicamento recebem normalmente, as vezes repassam a informação da existência da insulina, mas nem todos usam o mesmo medicamento.

Por outro lado, acometidos com a diabetes, em uso de insulina, mas é outro medicamento, diferente do NPH Humana, podem encontrar um processo administrativo, e muitas vezes é necessário atualizar ou renovar, neste caso o paciente deve buscar a informação correta na semusa, para isso importante levar o nome do medicamento. A simples informação de se tratar de insulina (não especificar o nome) pode gerar falsa informação.

Ainda existe os casos dos processos judiciais, nestes a avaliação também deve ser feita pelo nome do medicamento, juntamente ao laboratório fornecedor. Cabe ao paciente ter o nome do medicamento para a correta informação.

Vale lembrar que estas medicações vindas de processos administrativos e judiciais são de valores consideráveis e muitos não tem a importância financeira para aquisição deles. 

download

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: