quarta-feira, 2 de maio de 2012

Visto para EUA está mais barato e menos burocrático


Por:
Direto da Redação
Repórter de plantão
Tamanho do Texto

Quem quiser solicitar um visto para entrar nos Estados Unidos já enfrenta menos dificuldade, além de pagar menos. É que começaram a valer, na próxima segunda-feira, dia 7, as novas regras do sistema para emissão de vistos. A partir de agora, o pedido pode ser feito pela internet ou pelo telefone e a taxa será única, no valor de 160 dólares – o equivalente a R$301,54 (reais) hoje. Antes, o viajante tinha que pagar esse mesmo valor, apenas pela solicitação da entrevista, além de R$38,00 (reais) para agendar a entrevista e R$40,00 (reais) pela taxa de entrega do passaporte na residência. A embaixada e os consulados também liberaram a entrega da foto cinco por sete: ela passa a ser tirada instantaneamente, nos postos de atendimento. Uma outra vantagem, a partir de agora, é que a taxa única pode ser paga por meio de boleto, gerado pela internet ou pelo telefone. A missão diplomática americana no Brasil divulgou que, a partir da próxima segunda-feira, novos postos de serviços vão agilizar o atendimento ao público, registrando os dados biométricos dos viajantes que solicitarem o visto. Os locais escolhidos foram São Paulo, que vai ter duas unidades, Rio de Janeiro, Recife, Belo Horizonte, aonde o sistema ainda está sendo implantado, e em Brasília, sem previsão para começar a funcionar. O atendimento vai ser de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h e, aos domingos, entre 13h e 18h. Os sete novos postos serão administrados por uma empresa americana e devem ampliar o atendimento de 3.500 para 4.500 pedidos de visto, por dia. Além disso, a expectativa é reduzir o tempo para obter o visto, de 40 para 20 dias.

Tags:, Esta notícia teve 558 views.
publicidade
Comentários via Facebook *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Comentários via Disqus *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
  publicidade:

22/07ULTIMAS NOTÍCIAS:
JÁ LEU ESSAS?

  publicidade:
  publicidade:
  publicidade: