Simpatizante do Estado Islâmico é preso no interior de Minas Gerais

Postado em 12/10/2017 7:07

 

O jornalista e sargento da Polícia Militar (PM) Dário Veiga, dono do jornal Rota 190, de Curvelo, também na região Central do Estado, teve acesso às fotos de um mandado de busca e apreensão emitidos pela Justiça Federal de Goiás, que trata sobre a prisão do jovem em Monjolos.

O documento de duas páginas solicita à Polícia Federal, além da prisão do rapaz, a apreensão de documentos relacionados à prática dos crimes investigados, bem como equipamentos de informática e telefonia, armas e drogas. 

Em conversa com a reportagem de O TEMPO, o sargento explicou que a chegada dos agentes da Polícia Federal surpreendeu os moradores da pequena cidade, que tem cerca de três mil habitantes. O militar disse que a operação aconteceu em duas residências da família do rapaz durante a manhã de segunda-feira. “Eles chegaram rapidamente, levaram o menino, os equipamentos e foram embora. Todos da cidade ficaram assustados e sem entender o que estava acontecendo”, afirmou Veiga.

Por intermédio de um colega da PM em Monjolos, o sargento ainda conseguiu falar, por telefone, com o pai do suspeito. O homem disse ao militar que o filho dele contava a todos do município sobre o envolvimento com o Estado Islâmico. No entanto, as pessoas acreditavam que os relatos não passavam de invenções do rapaz, pois ele era tratado como um indivíduo “maluco”.

“Segundo o pai, a família sabia das conversas sobre o grupo terrorista, mas ninguém o levava a sério. O jovem era considerado uma pessoa maluca na cidade, porém, agora o assunto vai ser tratado com mais seriedade porque viram que tudo é verdade”, ressaltou.

Um funcionário da prefeitura da cidade, que pediu para não ser identificado, contou que o rapaz preso também é conhecido por ser “muito inteligente”. “Diziam que ele é fluente em árabe e inglês. Alguns até o consideram uma pessoa superdotada, comunicativa. Muito esperta mesmo”, observou.

Viagem à Síria

Na conversa por telefone, o pai do suspeito ainda informou ao sargento Dário Veiga que o filho dizia se preparar para integrar o Estado Islâmico há pelo menos cinco anos. “Ele falou para o pai que já estava devidamente treinado e faria em breve uma viagem à Síria, onde ele participaria sua primeira missão pela organização terrorista”, destacou.

No Facebook, o perfil do rapaz preso em Monjolos tem diversos amigos com nomes de origem árabe. Na rede social, eles conversam entre eles em inglês e árabe. Em uma das fotos do suspeito, uma menina da Indonésia comenta na imagem “nice”.

A Polícia Federal, por meio da assessoria de imprensa em Brasília, reiterou que o caso corre em segredo de justiça e, por isso, não vai divulgar qualquer detalhe. Já a Secretaria de Estado de Administração Prisional de Minas Gerais (Seap) informou que não consta no sitema qualquer entrada do homem em unidades prisionais sob custódia da pasta. De acordo com Dário Veiga, circula a informação em Monjolos de que o rapaz foi levado para BH e, em seguida, encaminhado para um presídio em Brasília.

Rapaz preso em Monjolos seria um simpatizante do Estado Islâmico; ele foi preso pela Polícia Federal. (Foto: Reprodução/Facebook)

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: