Presídio Floramar em Divinópolis está com obras atrasadas

Postado em 11/01/2017 8:49

Reprodução/TV Candidés

Reprodução/TV Candidés

Minas Gerais tem a segunda maior população carcerária do país e déficit de 30 mil vagas no sistema prisional. De 17 obras de construção e ampliação de presídios anunciadas em Minas nos últimos dez anos, apenas quatro tem previsão de data para serem inauguradas. 

Outras quatro, mesmo com dinheiro autorizado pela União, foram canceladas por falta de execução por parte do governo do Estado, reprovação de projeto ou perda de prazos. Nessas quatro unidades, 1.924 vagas deixaram de ser criadas, a um custo de R$ 49 milhões.

Os dados são do Relatório Nacional de Construções com Investimentos Federais do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), do Ministério da Justiça.

Previstas inicialmente para serem inauguradas em 2016 ou 2017, obras de construção ou ampliação de outros nove presídios estão praticamente paradas e não há, por parte do governo de Minas, previsão para serem inauguradas. As unidades prisionais estariam sendo construídas em Uberlândia, Pará de Minas, Lavras, Ubá, Pirapora, Machado, Iturama, Barbacena e Muriaé, gerando 3.448 novas vagas. O valor total dos convênios é de R$ 90,3 milhões.

Procurada para esclarecer por que o Estado não executou os quatro projetos cancelados e em qual fase está cada uma das obras citadas acima, a Secretaria de Estado de Administração Prisional (Seap) informou apenas, em nota, que quatro unidades podem ser inauguradas em 2017 em Divinópolis,  Montes Claros, Alfenas,  e Itajubá, gerando mais 1.120 vagas.

Em nota, a secretaria confirmou ainda, a existência de 12 obras no sistema prisional de Minas Gerais. “As outras oito apresentam questões de ordem operacional relacionadas ao licenciamento ambiental e ao projeto executivo”, conclui a nota. Por telefone, o órgão informou que não comentaria a situação de cada uma delas, que aguardam a resolução das questões acima para serem retomadas. Embora o Estado tenha admitido a existência de oito obras, no Portal da Transparências estão previstas nove intervenções.

 .
Confira andamento das reformas nos presídios: 
.

 .
Fonte: Jornal O Tempo

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
%d blogueiros gostam disto: